Bem-vindo, !|Sair

Governo de Cabo Verde saúda entrada da Binter nos voos inter-ilhas

A ministra das Infra-estruturas e Economia Marítima do Governo da República de Cabo Verde revelou que o Executivo está a trabalhar um programa de reforma “muito intenso” para reestruturar o sistema de transportes no País e garantir a regularidade, eficiência e economicidade nestes serviços.

Sara Lopes fez estas declarações na quarta-feira, dia 17 de Junho, durante a cerimónia de inauguração da sede oficial da nova companhia aérea Binter Cabo Verde, em Achada Grande Frente, tendo classificado esta companhia como “uma empresa de referência e capacitada para criar empregos qualificados” no País.

É que, para a governante, sendo Cabo Verde um país arquipélago com nove lhas habitadas, o “mais importante” é garantir “a regularidade, eficiência e economicidade” nos serviços de transportes aéreos, marítimos, rodoviários ou inter-locais, para que o país possa aumentar a sua atractividade e a sua competitividade.

A governante classificou a entrada da Binter nas linhas cabo-verdianas de “grande relevância” para o desenvolvimento dos transportes aéreos cabo-verdianos, ressalvando que a Binter Canárias Internacional já ganhou a confiança do passageiro cabo-verdiano, das agências de viagens, parceiros e da Agência da Aviação Civil, apesar de estar a operar há pouco tempo no País.

Para Sara Lopes, o parque empresarial cabo-verdiano fica “mais rico” com a entrada da Binter Cabo Verde, por entender que o sector dos transportes vai retirar “maior benefício” desta nova empresa de transportes aéreos, cujo voo inaugural entre ilhas está previsto para Outubro próximo.

Destacou, por outro lado, que a concorrência da Binter Cabo Verde nas ilhas Canárias irá contribuir para que “as ilhas mais periféricas e ainda menos integradas nas economias e geradoras de menos fluxos comercialmente rentáveis” possam ser também serviços através da ligação de serviços públicos que garantam o aumento da competitividade.

Isto porque, explicou, espera-se que a Binter traga para Cabo Verde “aquela referência” dos aeroportos internacionais e regionais, como a pontualidade, regularidade e uma relação de cliente, para que possa ajudar os Transportes Aéreos de Cabo Verde (TACV) a melhorar o seu desempenho e relação com os clientes.

A Binter Cabo Verde é uma companhia subsidiária da Binter Canárias e está a ser criada para assumir as ligações inter-ilhas no arquipélago, serviço que está liberalizado pelas autoridades nacionais. Presentemente esses voos são assegurados pela TACV, companhia de bandeira, que também se dedica aos voos internacionais, e pela Cabo Verde Express, empresa regional. Ambas as companhias não conseguem, por limitação de meios, nomeadamente das suas frotas, dar resposta às necessidades do mercado e às pretensões do governo nacional que pretende assegurar transporte aéreo regular em todas as ilhas, não só para os seus cidadãos, como também para os milhares de turistas que, anualmente, procuram as ilhas para férias.

 

  • Notícia baseada em informação distribuída pela ‘Inforpress’, agência cabo-verdiana de notícias.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica