Grupo SATA já transportou um milhão de passageiros neste ano

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

As duas companhias de aviação da SATA já transportaram um milhão de passageiros este ano, o que representa um crescimento de 34% face ao período homólogo, revelou nesta sexta-feira, dia 30 de junho, o grupo português de aviação comercial, sediado na Região Autónoma dos Açores. Tudo se encaminha para um novo recorde, neste ano, quanto ao que se refere ao número de passageiros transportados nos aviões da SATA Air Açores e da Azores Airlines, refere um comunicado distribuído na cidade de Ponta Delgada, ilha de São Miguel.

“As companhias aéreas do grupo SATA voltam a superar-se, ao atingirem a simbólica marca de um milhão de passageiros transportados em 2023, cerca de dois meses mais cedo do que em 2022 e antes do prazo previsto para este ano”, adianta o grupo em nota de imprensa.

Segundo a SATA, a “evolução representa um crescimento de 34% face ao período homólogo” de 2022, estando em “perspetiva” um “novo recorde” no número de passageiros transportados até ao final do ano.

“É esperado que o Verão IATA de 2023 volte a confirmar a atração pelas rotas servidas pela SATA Air Açores e Azores Airlines, nomeadamente no arquipélago dos Açores que é o destino natural das duas companhias aéreas do grupo SATA, esperando-se alcançar um novo recorde de passageiros transportados”, lê-se no comunicado.

O grupo SATA integra a companhia Azores Airlines, que opera de e para fora dos Açores, e a SATA Air Açores, responsável pelas ligações interilhas.

Em 2022, as companhias aéreas do grupo açoriano já tinham atingido em 31 de julho um milhão de passageiros transportados naquele ano, dez semanas mais cedo do que em 2021 e dias antes do ocorrido em 2019.

Hoje, o grupo de aviação açoriano realça que as companhias já tinham evidenciado em 2022 uma “retoma extraordinária”, evocando dados da Organização da Aviação Civil Internacional que colocam a SATA, “em termos de passageiros transportados, muito acima da Europa e do resto do mundo”, como uma variação de 14,5% de 2022 para 2019 (ano pré-pandemia de covid-19).

Segundo a SATA, os resultados decorreram do alargamento de acordos com parceiros aéreos, do aumento da disponibilidade de oferta ‘online’ através da presença em motores de busca de viagens globais e das ações de promoção, desenvolvidas ao longo de todo o ano, com operadores turísticos e agentes de viagens.

Em março deste ano, foi aberto o concurso para a privatização da Azores Airlines, com um período de 90 dias para a apresentação de propostas (até 20 de junho), prazo que foi, em maio, prorrogado até 31 de julho, na sequência de “pedidos informais e formais” de possíveis interessados, segundo o Governo Regional dos Açores.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Colisão de aviões (Dash 8-300 com Cessna 172) em pleno voo no Quénia provoca dois mortos

Uma colisão entre dois aviões, um turboélice de passageiros...

American encomenda 260 aviões à Airbus, Boeing e Embraer com mais 193 opções de compra

A American Airlines anunciou nesta segunda-feira, dia 4 de...

Portway e SINTAC assinam acordo de empresa

A Portway Handling de Portugal assinou com o SINTAC...

Portugueses viajam mais e escolhem a Madeira e Cabo Verde para as férias da Páscoa

Os portugueses estão a comprar mais viagens neste início...