Bem-vindo, !|Sair

Kenya Airways vende e aluga frota de sete aviões Boeing 777


 

A companhia africana Kenya Airways está a negociar no mercado internacional a colocação da sua frota excedentária.

Assim, depois de ter vendido dois Boeing 777-200 à companhia norte-americana Omni Air, foi agora confirmado o aluguer em ‘dry-leasing’ de três aviões Boeing 777-300ER à Turkish Airlines.

Trata-se de um negócio muito interessante para a companhia turca, que é das empresas aéreas comerciais com maior crescimento nos últimos e com boas perspectivas de expansão no longo curso, a partir dos seus renovados hubs na Turquia, entroncamento de rotas entre a Europa, África e Ásia.

Estes negócios já confirmados pela Kenya Airways têm a vantagem de dar ocupação a aviões que face à baixa de tráfego iriam estar parados nos próximos tempos, ao mesmo tempo que libertam receita para a companhia queniana reestruturar-se e encontra a frota que melhor satisfaça as suas necessidades e responsa às exigências do mercado internacional.

A Kenya Airways tem ainda dois Boeing 777-200 à venda e o presidente executivo da empresa, Mbuvi Ngunze, já confirmou que este modelo de avião da construtora norte-americana não continuará na sua frota. Todas as rotas de longo curso passarão a ser feitas com aviões Boeing 787 Dreamliner, dos quais a Kenya tem já nove aparelhos ao serviço.

Os três Boeing 777-300ER que foram alugados à Turkish são os c/n 41819 (registo 5Y-KZY), 41818 (5Y-KZZ) e 42097 (5Y-KZX). Entre os dias 21 e 25 de Janeiro viajaram de Nairobi para Amesterdão, na Holanda, onde passarão certamente por algumas alterações de cabina e de imagem, antes de integrarem a frota da companhia nacional da Turquia.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica