LAM nomeada para duas categorias dos ‘World Travel Awards’

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A LAM – Linhas Aéreas de Moçambique foi nomeada para as votações finais de duas categorias dos prestigiados prémios internacionais ‘World Travel Awards’, considerado ‘Óscares’ do turismo mundial.

A companhia moçambicana está referenciada para a eleição na categoria de companhia aérea africana com os melhores serviços na classe económica. Paralelamente, a sua revista de bordo, a ‘Índico’, está entre as finalistas na respectiva categoria.

“A participação nestes prémios resulta da sugestão feita pelos passageiros e leitores que depois da respectiva avaliação da comissão do ‘World Travel Awards’ concluiu que a LAM e a revista ÍNDICO têm a excelência exigida para estar entre os finalistas”, destaca uma nota informativa distribuída pela companhia de bandeira de Moçambique.

A votação decorre até o dia 22 de Agosto de 2020, podendo ser feita através do link: www.worldtravelawards.com/vote 

A presença simultânea nas duas finais deste prémio acontece desde 2019, curiosamente, o ano em que foi introduzida a categoria de melhor revista africana de bordo. Nos sete anos anteriores, a LAM participou na categoria de companhia aérea líder africana com melhores serviços na classe económica.

 

A rede de voos da LAM abarca 11 destinos no mercado doméstico. No continente africano, voa para Joanesburgo (África do Sul), Dar-Es-Salaam (Tânzania) e Nairobi (Quénia), preparando para breve a expansão para mais capitais africanas. Diariamente, a LAM realiza cerca de 40 voos operados através da sua frota composta por três aviões Boeing 737, e mais três aeronaves Embraer 145 operadas pela sua subsidiária MEX – Moçambique Expresso.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Azores Airlines inicia novas rotas nacionais e internacionais no próximo mês de junho

A companhia aérea portuguesa Azores Airlines estreia, a partir...

Aumento para 45 movimentos/hora no atual Aeroporto de Lisboa requer estudo, esclarece o Governo

O aumento de capacidade do Aeroporto Humberto Delgado, em...