Bem-vindo, !|Sair

Livro sobre desastre aéreo em Santa Maria já vai na segunda edição

 width=“750” height=

A segunda edição do livro “IDN 1851 – O Desastre Aéreo de Santa Maria”, da autoria de Francisco Cunha, já se encontra disponível nas bancas, em Portugal, após o lançamento da obra em Setembro passado.
Fruto de uma tiragem pequena e de uma procura acima das expetativas, a primeira edição esgotou em pouco mais de um mês. Tendo em conta a procura por mais exemplares, autor e editora, aproveitaram para efetuar nesta segunda edição algumas alterações de pormenor na obra, nomeadamente na vertente técnica.
O texto de 200 páginas é uma investigação do ponto de vista jornalístico ao acidente do voo 1851 da Independent Air, que se despenhou na Ilha de Santa Maria, no arquipélago dos Açores, Portugal, a 8 de fevereiro de 1989, onde pereceram todos os 144 ocupantes, e que foi o pior desastre aéreo ocorrido em território português.


Dedicando grande parte do conteúdo a uma investigação às causas do desastre, o autor contou com acesso ao inquérito oficial e a colaboração do seu responsável, o engenheiro José Rocha e Cunha, a par do contributo de outros peritos, nomeadamente o comandante John Cox (presença regular no programa “Mayday” da National Geographic) e o engenheiro Frank Taylor, um dos investigadores do acidente de Lockerbie, na Escócia.

Francisco Cunha autor do livro.

Com recurso a documentos oficiais – alguns inéditos – ilustrações técnicas, mapas, entrevistas e fotos, o autor explica, num texto fluído, conciso e completo, os motivos que levaram ao acidente, culminando numa reconstituição dos momentos decisivos que ditaram a tragédia.
A par da vertente técnica, a obra destaca também o aspeto humano vivido pelos locais desde os momentos iniciais do desastre e rescaldo, recolhendo depoimentos de bombeiros, médicos, funcionários públicos e outros que lidaram diretamente com a tragédia, sendo ainda a resposta ao desastre analisada pelo Professor Duarte Nuno Vieira, um dos mais reputados peritos portugueses na área da medicina legal.
Outros temas abordados pelo livro incluem o impacto do acidente no estrangeiro – não só através de entrevistas como através da cobertura mediática efetuada – a par do legado deixado pela tragédia, em aspetos de segurança, judiciais e também históricos, sendo ainda neste ponto efetuada uma breve síntese do papel da ilha de Santa Maria na aviação mundial.

O Boeing 707 acidentado na ilha de Santa Maria tinha o registoN7231T – Foto © Werner Fischdick

A obra encontra-se à venda nas ilhas de Santa Maria, São Miguel, Terceira e Faial, no arquipélago dos Açores, e também na cidade do Porto, no norte de Portugal.
O livro contou com os apoios do Governo Regional dos Açores, Câmara Municipal de Vila do Porto, Juntas de Freguesia do Livramento, São Roque e Vila do Porto, e das empresas ‘Securmédica’ e ‘Portas Amarelas’.

Para compras para fora de Portugal poderão contactar o autor através do email :franciscocunha@live.com.pt
banner-newsavia-app-android-750x65

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica