Maior companhia do mundo comprou 5% da Azul Linhas Aéreas Brasileiras

A Azul Linhas Aéreas e a United Airlines anunciaram nesta sexta-feira, dia 26 de Junho, uma nova parceria estratégica que passa pela aquisição de 5% do capital da companhia brasileira (um investimento de cerca de 100 milhões de euros) por parte da companhia norte-americana, que é hoje a maior empresa de aviação comercial do mundo.

O acordo inclui ainda o code share em todas as rotas no Brasil e nos Estados Unidos da América, o que deverá estar activo no próximo mês se forem concedidas, tal como se espera, todas as autorizações necessárias das autoridades de concorrência e reguladoras nos dois países. Está também prevista a fusão dos programas de milhas das duas companhias, o ‘Mileage Plus’, da United, e o ‘Tudo Azul’.

A parceria, conforme explicou o fundador da Azul, David Neeleman, une a maior rede de voos para aeroportos do Brasil com a maior rede do mundo. “Não se trata apenas de um investimento, mas de uma parceria muito forte. Haverá também uma troca de culturas e uma integração nos programas de fidelidade”, ressaltou o executivo, que nesta semana esteve em Lisboa, onde assinou com o Estado Português a compra de 61% do Grupo TAP GPS, a título pessoal, integrado no consórcio ‘Atlantic Gateway’ juntamente com o empresário português Humberto Barbosa.

“Estamos muito animados com este novo capítulo da Azul”, comentou Neeleman que falava aos jornalistas em São Paulo, onde decorreu a cerimónia com os executivos da United Airlines.

O vice-presidente do Conselho de Administração da United, Jim Compton, também ressaltou a abrangência do acordo. Segundo ele, os passageiros das duas companhias terão vantagens, uma vez que a Azul possui a maior malha do Brasil e a United tem mais de 100 destinos no mundo. “O Brasil é o maior mercado da América Latina e a Azul é a empresa que mais tem destinos no país. Vamos poder oferecer muitas conexões para destinos-chave a partir de Guarulhos. Acreditamos que este investimento vai reforçar a nossa posição de liderança”, disse o vice-presidente de Receitas da United, John Rainey.

A aquisição de 5% do capital da Azul permitirá à United ter um vogal no Conselho de Administração da companhia brasileira.

 

A United começou a voar para o Brasil em 1992 com voos para o Rio de Janeiro e para São Paulo. Atualmente tem cinco voos diários de Chicago, Houston, Nova Iorque/Newark e Washington/Dulles.

O grupo United tem duas companhias aéreas: a United Airlines, denominada apenas por United, e a United Express, esta com aviões de menor capacidade de passageiros que realiza os voos de aeroportos de menor tráfego para os hubs da companhia-mãe. No total realizam 5.000 voos por dia para 373 aeroportos em seis continentes e empregam 84.000 profissionais. As frotas somam cerca de 700 aviões. Neste ano a United receberá 34 Boeing 787 Dreamliner e nove Boeing 737-900ER. A United Express encomendou 49 aviões Embraer E175.

A United é companhia fundadora da Star Alliance, onde também se integra a TAP Portugal, prevendo-se que a breve prazo a Azul venha a solicitar a sua adesão, não obstante o fato da Avianca Brasil já estar aceite por esta aliança, uma integração que se verificará no próximo dia 22 de Julho.

 

A Azul tem presentemente cerca de 145 aviões, realiza 900 voos por dia para 100 destinos no Brasil e nos Estados Unidos da América. Emprega cerca de mil trabalhadores.

 

Recorde-se que em 2011 a GOL – Linhas Aéreas Inteligentes, hoje a segunda companhia aérea mais importante do Brasil, depois da TAM Linhas Aéreas, vendeu 3% do seu capital ao grupo aéreo Delta dos EUA por 100 milhões de euros.

 

A entrada da United na Azul vem potenciar as sinergias de um grupo que se forma com grande dimensão em termos de abrangência geográfica, no qual se integrará num futuro próximo a TAP Portugal. Sobre a relação TAP-Azul aguardam-se novidades para as próximas semanas, prometeu hoje David Neeleman à margem da cerimónia com a United que decorreu num num hotel de São Paulo. O presidente da Azul voltou a vincar que entrou no consórcio a título pessoal, mas que, naturalmente, a grande parceira da TAP no Brasil e no continente americano será, no futuro, a Azul. E agora, não sobram muitas dúvidas, que a United entra nestas parcerias, após o negócio celebrado nesta sexta-feira. Embora a United e a TAP já sejam parceiras através da Star Alliance.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica