Mais cortes nas ligações internacionais para Venezuela

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A companhia panamiana Copa Airlines anunciou hoje, 15 de Julho, que deixará de voar entre as cidades de Medellín, na Colômbia, e Caracas, em Venezuela, a partir do próximo dia 28 de Julho. Neste dia sairá o último voo a unir as duas cidades, informou a Associação de Linhas Aéreas de Venezuela (ALAV).

Desde Junho passado que a companhia vinha ameaçando diminuir o número de voos ou abandonar mais algumas rotas com destino a território venezuelano. Em Maio a companhia já tinha reduzido em 86% a sua disponibilidade de lugares para Midellín, tendo passado de 762 para 106 (um único voo). Agora Venezuela ficará sem ligação directa àquela cidade colombiana, pois era a única que existia, além de ser muito útil nas ligações para a Cidade do Panamá, destino final do avião. Para Bogotá, capital da Colômbia, também houve um corte de 40 por cento, menos 636 assentos.

A partir de Agosto, a Copa Airlines terá duas frequências diárias (menos uma) do Panamá para Caracas e um voo diário de e para Bogotá (actualmente são dois). Serão mantidas as frequências para Maracaibo e Valencia.

Aina no dia de hoje, segundo refere a ALAV, também foram oficializados os cortes nas frequências da Lufthansa (de cinco para três voos semanais já em Agosto) e da Aerolíneas Argentinas, que cortará 17% dos lugares disponíveis a partir do dia 8 de Agosto.

 

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Voos da Korean Air entre Seul e Lisboa favorecem tráfego de passageiros de e para Macau

O lançamento da nova rota da companhia sul-coreana Korean...

Atlântica e ANAC desenvolvem parceria que visa integrar alunos no setor da aviação

Instituições querem formar profissionais na área da aviação, com...

Frota da SATA Air Açores está recuperada e a operação reposta, confirma o Governo Regional

O Governo Regional dos Açores garantiu nesta terça-feira, dia...