MD-87 destruído em acidente nos EUA – 21 ocupantes saíram ilesos

Um avião de passageiros McDonnell Douglas MD-87, versão executiva, ficou completamente destruído, nesta terça-feira, dia 19 de outubro, devido a uma saída de pista no aeroporto onde tentou abortar uma descolagem, no Estado do Texas (EUA). Os 21 ocupantes, 18 passageiros e três tripulantes, saíram praticamente ilesos do acidente. Alguns receberam assistência hospitalar devido ao susto e apenas um deles teve de ser tratado a pequenas escoriações.

A aeronave, matrícula N987AK, estava a descolar do Aeroporto Executivo do condado de Walker, na área metropolitana de Houston, quando a tripulação, supostamente, se apercebeu de uma avaria, tendo optado pela abortagem da descolagem. Os pilotos não conseguiram suster a marcha do MD-87 sobre o asfalto da pista, que tem uma extensão de 2.015 metros, e o aparelho saiu para um terreno contíguo, onde se quebrou e incendiou de seguida, tendo ficado totalmente destruído como mostram as imagens que publicamos. Contudo, houve tempo para a evacuação de todos os ocupantes.

O avião, propriedade da empresa ‘987 Investments LLC’, transportava adeptos da equipa de beisebol do Houston Astros que defronta nesta terça-feira o Boston Red Sox, na cidade de Boston (Massachusetts), na costa leste dos EUA, para onde se dirigia a aeronave.

O MD-87 acidentado foi construído em 1987, tendo sido entregue à companhia finlandesa Finnair no ano seguinte. No ano 2000 passou para a frota da companhia mexicana Aeroméxico. Desde 2015 que foi adquirido pela ‘987 Investments’, empresa com sede na cidade de Houston.

As autoridades aeronáuticas dos EUA já anunciaram a abertura de um inquérito para apuramento das causas do acidente.

  • Na imagem de abertura vemos o avião acidentado fotografado em 2019. Foto © Christoph P. Lundberg/Jetphotos.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica