Bem-vindo, !|Sair

Motor RR M250 vai atingir 250 milhões de horas de voo em 2017

banner-newsavia-app-android-750x65A família de motores Rolls-Royce M250 passará o marco de 250 milhões de horas de voo em 2017, uma ocorrência rara entre qualquer motor na história da aviação, informou a construtora britânica.

O motor Rolls-Royce M250 tem sido continuamente atualizado desde que entrou em serviço na década de 1960 e tem alimentado mais de 170 aeronaves diferentes, quer helicópteros, quer aparelhos de asa fixa. A última variante na evolução do M250 – o M250-C47E – alimenta o novo helicóptero não tripulado MQ-8C para a Marinha dos Estados Unidos da América (EUA), o Boeing Ah-6i, e está a ser desenvolvido para a nova série de helicópteros MD 530.

O M250 foi desenvolvido originalmente para motorizar os helicópteros do Exército dos EUA. No entanto, ao longo dos anos, o motor foi adaptado para vários helicópteros militares e comerciais e permanece omnipresente em todo o mundo, com cerca de 16.000 unidades atualmente em serviço. O M250 é conhecido pela sua forte performance e fiabilidade. Os clientes voam em aviões propulsionados por este motor numa vasta gama de indústrias, como petróleo e gás, turismo, defesa e segurança pública, evacuações médicas e outras indústrias e usos privados.

Cerca de 33.000 motores M250 foram entregues aos clientes ao longo dos anos e a frota combinada de aeronaves atingirá a marca de 250 milhões de horas de voo em meados de 2017.

Fabricados em Indianápolis, nos EUA, os motores M250 ganham vida na inovadora Rolls-Royce Small Engine Assembly Line. Os motores M250 beneficiam em todo o mundo da rede de manutenção técnica ‘FIRST’ da Rolls-Royce, que oferece um serviço acessível e confiável através de centros autorizados, apoiados pela ‘Aviall’ para peças confiáveis.


“Como

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica