NAS autorizada a trabalhar em três aeroportos da República Democrática do Congo

A National Air Services (NAS), empresa líder na prestação de serviços aeroportuários em diversos países africanos, do Médio Oriente e do sul da Ásia, foi autorizada a trabalhar na República Democrática do Congo (RDC), anunciou a companhia.

De acordo com os termos do COEA (Certificado de Operador de Assistência em Escala) atribuído pela Autoridade Nacional de Aviação Civil (AAC) da RDC, a NAS oferecerá serviços abrangentes de handling terrestre e de carga nos aeroportos internacionais de Kinshasa, Lubumbashi e Goma.

O compromisso da NAS inclui investimentos significativos em operações, como equipamentos de handling em terra, infraestrutura, instalações, tecnologia e capital humano, anunciou a empresa em comunicado de imprensa, distribuído na Cidade do Kuwait, no Golfo Pérsico, onde a NAS tem a sua sede mundial.

A NAS está presente em cerca de 50 aeroportos de toda a África, Médio Oriente e Sul da Ásia, prestando serviços a mais de 100 companhias aéreas e operando mais de 45 salas VIP. Seguindo os mais altos padrões internacionais da aviação, a NAS possui também uma série de certificações globais, incluindo a Auditoria de Segurança para Operações Terrestres (ISAGO) da IATA, ilustrando o compromisso da empresa no sentido de prestar serviços de alta qualidade, com foco na segurança e na proteção.

“Ao utilizarmos a nossa experiência e os nossos conhecimentos globais, em combinação com os nossos relacionamentos com companhias aéreas internacionais, esperamos melhorar os serviços aeroportuários no país de forma a equipará-los aos padrões de classe mundial, incluindo inovação, eficiência e segurança”, explica Hassan El-Houry, presidente executivo do Grupo NAS.

A NAS, reconhecida como um dos prestadores de serviços de aviação com um crescimento mais rápido nos mercados emergentes, tem uma forte presença em África. Em face da pandemia global, a NAS tem direcionado esforços para garantir serviços ininterruptos para voos de carga e de passageiros dentro e fora da região.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica