Bem-vindo, !|Sair

Novas companhias contribuem para subida de 6,8% no Porto – TAAG sobe 12,1%

O Aeroporto Francisco Sá Carneiro, na cidade do Porto, Norte de Portugal, terminou o primeiro trimestre deste ano com um aumento do número de passageiros em 6,8%, para 1,286 milhões, apesar de as suas três maiores companhias, a Ryanair, a TAP e a easyJet terem registado crescimentos mais fracos, designadamente pelos aumentos da Transavia.com, da Lufthansa, Aigle Azur e Air Nostrum, a que se somou ‘a chegada’ da Vueling, revela hoje a PressTUR.

Os dados a que a agência portuguesa de notícias de turismo e viagens teve acesso mostram que a Ryanair foi a companhia que mais passageiros ‘acrescentou’ ao Porto, com mais 22,3 mil, para 475 mil, mas com um crescimento que ficou em 4,9%, pelo que a sua quota de mercado baixa de 37,6% em 2013 para 36,9%.

Igualmente com decréscimos da quota de mercado estiveram a TAP, de 30,2% para 28,2%, e a easyJet, de 14,1% para 13,6%, no primeiro caso com decréscimo do número de passageiros em 0,3% ou cerca de 970, para 363.140, e no segundo por um aumento menor que a média, em 3% ou cerca de 5,1 mil, para 175.223.

Estas três companhias, que representaram 78,8% dos passageiros do Aeroporto do Porto no primeiro trimestre, ‘viram’ as suas quotas de mercado baixarem por efeito do início de voos da Vueling, ‘low cost’ espanhola do grupo IAG, que somou 22.346 passageiros (1,7% do total), bem como pelos crescimentos de outras ‘low cost’ e ‘tradicionais’.

Entre estas, destaca-se a Transavia.com, ‘low cost’ do grupo Air France – KLM, que terminou o primeiro trimestre com um aumento do número de passageiros em 19,4% ou mais 12 mil, para 70.994.

Igualmente um crescimento a dois dígitos tem a Air Nostrum, franchisada da Iberia para voos regionais, com +17,1% ou mais 3,4 mil passageiros, para 23.136.

Entre as maiores companhias no Porto, também a Lufthansa e a Aigle Azur cresceram de forma mais forte que o Aeroporto, respectivamente em 9% (mais 4,9 mil passageiros, para 59.840) e em 8,5% (mais 2,1 mil, para 27.628).

Outras companhias que contribuíram também para que o crescimento do Aeroporto Francisco Sá Carneiro no primeiro trimestre tivesse atingido os 6,8% apesar das três maiores terem crescido apenas 2,7% foram a Luxair, com +24,1% (mais 3,5 mil, para 17.938), a TAAG, com +12,1% (mais 1,6 mil, para 15.168), a Swiss, com mais 2.977,7%, que reflecte o início de operações (mais 5,8 mil, para 6.063), e a Brussels, com +40,4% (mais 670, para 941), a que se soma o início de operações da Condor, que teve 1.577 passageiros.

Em queda, por sua vez, esteve a SATA Internacional, com -0,3% ou menos cerca de 60, para 20.229, e com crescimento menor que a média do Aeroporto esteve a Air Transat, com +5,4% (mais cerca de 230, para 4.559).

Os dados a que o PressTUR teve acesso mostram que o balanço do primeiro trimestre reflecte um abrandamento verificado no mês de Março, que em 2013 foi o mês da Páscoa, no qual o crescimento do Aeroporto do Porto abrandou para 3,1%, depois de ter terminado os primeiros dois meses com +9,1%.

TAP e easyJet foram as companhias em que mais se sentiu esse efeito de calendário, com a companhia portuguesa a ter em Março uma queda em 2,9% ou cerca de 3,9 mil passageiros, para 131.245, e a low cost a ter um decréscimo em 0,5% ou 300, para 63.478.

Ryanair e Transavia.com, por sua vez, tiveram crescimentos mais fracos que no trimestre, respectivamente em 3% (mais cinco mil, para 176.257) e em 2% (mais 510, para 26.166).

A estas somaram-se também a Aigle Azur, que teve um decréscimo em 2,7% (menos cerca de 250, para 9.193), a SATA Internacional, com -2,3% (menos 180, para 7.579), a TAAG, com -2,2% (menos cerca de cem, para 4.439).

Lufthansa e Air Transat, por sua vez, foram as principais excepções a essa tendência, a primeira com um aumento em 13,1% (mais 2,6 mil, para 22.204) e a segunda com +36,8% (mais cerca de 510, para 1.888).
Com crescimentos a dois dígitos estiveram ainda a Air Nostrum, com +12,5% (mais cerca de mil, para 9.134), a Luxair, com +21,5% (mais 990, para 5.598), e a Brussels, com +27,1% (mais cerca de 90, para 436).
O maior contributo para o crescimento do Aeroporto do Porto no mês de Março foi, porém, a entrada da Vueling, que somou 8.323 passageiros, a que se somaram mais 1.815 do início dos voos da Swiss.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica