Bem-vindo, !|Sair

‘Céu aberto’ entre Macau e Taiwan/Formosa atrai companhias de baixo custo

Macau e Taiwan/Formosa vão assinar na próxima semana um acordo de céu aberto que porá fim às restrições que actualmente se verificam nas ligações aéreas entre as duas regiões, anunciou ontem o jornal de língua inglesa ‘Macau Businesse Daily’.

A Autoridade de Aviação Civil de Macau confirmou a assinatura do acordo mas recusou-se a fornecer outros pormenores sobre as negociações que agora estão em fase de conclusão e sobre as quais ambas as partes estão de acordo.

Um jornal de Taiwan, de língua chinesa, referiu que o novo acordo acabará com todas as restrições no número de voos entre Macau e Taipé, capital de Taiwan/formosa, a ilha estado que hoje tem uma população estimada em cerca de 25 milhões de habitantes, e que é também conhecida por República da China.

O acordo, actualmente em vigor entre Taiwan e a Região Administrativa Especial chinesa de Macau, identifica as companhias Air Macau como companhia de bandeira do antigo território português, e as companhias Eva Airways, TransAsia Airways e Mandarin Airlines pelo lado da República da China. As quatro companhias realizam voos regulares entre Macau e Taiwan. O acordo foi assinado em 1995 e expirou em 2005. Nos últimos oito anos as frequências e os horários dos voos eram sujeitos a autorizações pontuais.

O novo acordo de céu aberto poderá permitir uma maior afluência de voos no Aeroporto de Macau. Duas companhias de baixo custo, a V Air, criada pela TransAsia Airways, e a Tigerair, nascida de uma parceria entre a China Airlines, maior companhia de Taiwan, e a Singapore Airlines, poderão iniciar imediatamente voos com destino a Macau, onde os casinos, a hotelaria de luxo e o entretenimento são os maiores factores de atracção dos chineses, quer do continente, quer da ilha de Taiwan/Formosa.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica