Ocupantes de A320 da Indigo saíram pelas mangas de emergência


 

Os passageiros de um avião Airbus A320-200, matrícula VT-IFC, da companhia indiana de baixo custo Indigo, foram obrigados a abandonar a aeronave pelas mangas pneumáticas de emergência, devido a um incidente verificado no momento em que o aparelho se preparava para levantar voo, no Aeroporto de Patna, na Índia, com destino a Delhi.

A bordo estavam 174 pessoas, entre passageiros e tripulantes, que ouviram um rebentamento, proveniente de uma suposta explosão num dos motores do avião (V2527). Imediatamente os pilotos reduziram a potência e a cabina do avião foi invadida por fumo de origem não identificada, segundo alguns relatos publicados na imprensa nacional indiana.

Perante tal situação o comandante ordenou a evacuação da aeronave pelas mangas de emergência, tendo todos os ocupantes saído ilesos. Também não se verificou fogo e o aparelho foi entregue aos serviços de manutenção da companhia aérea.

A Direção Geral de Aviação Civil da Índia mandou abrir um inquérito para apurar as causas do incidente.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica