Bem-vindo, !|Sair

Papa Francisco teve restrição temporária de voo presidencial


Durante a visita do Papa Francisco a Washington D.C., Filadélfia e Nova Iorque, o Governo norte-americano montou uma enorme restrição temporária de voo (TFR) sobre as área onde iria ser recebido por milhões de pessoas, idêntica às usadas sempre que o Presidente Obama viaja ou vai de férias. As restrições temporárias de voo afectam um determinado número de aeroportos e operações de voo e procuram manter em terra qualquer tipo de drone ou avião rádiotelecomandado num raio de 30 milhas (55,5 km) e até aos 17.999 pés de altitude (5486 m). As restrições temporárias de voo para a visita do Para Francisco foram mais alargadas do que a de 2999 pés de altitude (914 m) e de três milhas náuticas (5556 m) de raio que foram adoptadas em 2008, durante a visita do Papa Bento XVI, o último Papa que visitou os Estados Unidos antes do Papa Francisco.

Esclarecendo as restrições temporárias de voo para o Papa Francisco, a FAA disse num aviso de voo que “as restrições foram desenhadas para conferir um meio ambiente seguro para o evento e também para assegurar um acesso equilibrado a todos os utilizadores do espaço aéreo na maior extensão possível”. A FAA baniu todo o tipo de modelos radiocontrolados e os voos de outros drones no perímetro destas restrições. Outras actividades proibidas incluíram voo acrobático, planadores, paraquedas, ultraleves, balões, voos agrícolas, reboque de mangas aéreas, patrulhamento de pipelines, treino de voo e prática de aproximações.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica