Portugal confirma compra de seis aviões KC-390, escreve Michel Temer no Twitter

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img


 

Michel Temer, Presidente do Brasil, confirmou, esta quinta-feira, dia 31 de agosto, que Portugal vai adquirir seis aviões de transporte militar e logístico KC-390, da construtora aeronáutica brasileira Embraer, que incorporam diversas peças e soluções tecnológicas produzidas e criadas por técnicos portugueses.

O Presidente brasileiro garantiu que o negócio já foi acertado e que o Governo português vai mesmo optar por comprar seis aviões para fins militares. A oficialização da compra foi feita por Marcelo Rebelo de Sousa na curta passagem de Temer por Lisboa, esta quarta-feira, dia 30 de agosto, segundo revela um tweet publicado após o regresso de Michel Temer a Brasília.

O Governo já tinha aprovado, em Conselho de Ministros, o início das negociações para a aquisição de cinco aparelhos, com a opção de compra de mais uma unidade (facto que veio a confirmar-se nesta quinta-feira). A notícia, embora não confirmada, já corria, desde há algumas semanas, em meios políticos e militares de Lisboa.

Embraer KC-390 AntónioCosta_02 650px
O KC-390 foi apresentado em Portugal no ano passado, em cerimónia em que estiveram diversos governantes portugueses e responsáveis pela Força Aérea Portuguesa, nas instalações da OGMA, em Alverca do Ribatejo. Em junho deste ano o primeiro-ministro português António Costa (na foto) viajou num dos protótipos do KC-390 entre dois aeroportos brasileiros (LINK notícia relacionada).

Os KC-390 vêm substituir os Hércules C-130 da Força Aérea Portuguesa (FAP). É um aparelho multifunções e está adaptado ao transporte e lançamento de carga e militares com enorme precisão, estando igualmente apto para realizar operações de busca e resgate e até para fazer combate a incêndios. É capaz de fazer reabastecimentos em voo.

Com dois motores turbofan ‘Pratt & Whitney’, tem capacidade para transportar 23 toneladas de carga e espaço suficiente para transportar tropas equipadas e veículos.

O valor da transação não foi divulgado mas, segundo avançou em junho passado o ‘Jornal de Negócios’, que se publica em Lisboa, a compra deverá rondar os 70 milhões de euros por cada aeronave.

O encontro entre os presidentes português e brasileiro aconteceu esta quarta-feira durante uma escala da comitiva brasileira que acompanha Temer à China onde se realizou mais uma Cimeira dos Países BRICS, formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. A comitiva brasileira pernoitou em Lisboa, em cujo aeroporto ficaram também um avião Boeing 767-300 da Força Aérea Brasileira (FAB), em que viajou Michel Temer, e outro Embraer ERJ190AR, da Presidência da República do Brasil, que também regressava da cimeira.

 


“Como

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Azores Airlines inicia novas rotas nacionais e internacionais no próximo mês de junho

A companhia aérea portuguesa Azores Airlines estreia, a partir...

Aumento para 45 movimentos/hora no atual Aeroporto de Lisboa requer estudo, esclarece o Governo

O aumento de capacidade do Aeroporto Humberto Delgado, em...