Bem-vindo, !|Sair

Portuguesa ‘Vision-Box’ fecha contrato com Aeroporto de Bangalore, na Índia

Veja o MUNDO - Apartir de Joannesburgo


 

A empresa tecnológica portuguesa ‘Vision-Box’ e a entidade que opera o Aeroporto Internacional de Bangalore/Kempegowda, no sul da Índia, assinaram na semana passada, em Lisboa, um contrato para a implementação de tecnologia de gestão de passageiros baseada em biometria em todo o aeroporto.

O objetivo é preparar a estrutura para o futuro, transformando a sua experiência de utilização. O programa visa simplificar o atendimento do passageiro utilizando reconhecimento facial desde o seu registo até ao seu embarque. O passageiro é identificado pela sua face enquanto se desloca ao longo do aeroporto, sem necessitar de apresentar repetidamente o seu cartão de embarque, passaporte ou qualquer outro documento de identificação.

Com a implementação desta tecnologia, o Aeroporto de Bangalore será o primeiro na Índia a oferecer aos seus passageiros uma solução paperless.

Hari Marar, presidente executivo da empresa que explora o Aeroporto de Bangalore/Kempegowda, descreve a nova tecnologia como revolucionária: “O Aeroporto de Bangalore continuará a liderar a transformação da aviação na Índia através da utilização de novas tecnologias. Queremos oferecer experiências positivas a todos os passageiros que viajam através do Aeroporto de Bangalore. A tecnologia de ponta da ‘Vision-Box’, combinada com a sua plataforma de gestão de fluxos, permitirá aos nossos passageiros uma viagem harmoniosa, sem obstáculos, filas de espera ou complicações, desde o seu registo até ao seu embarque.” acrescentou.

O contrato foi assinado no dia 5 de setembro, no Palácio Foz, em Lisboa, entre Hari Marar e Miguel Leitmann, presidente executivo da Vision-Box. Também presentes na cerimónia estiveram o Primeiro-Ministro de Portugal, António Costa; o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral; a Embaixadora da Índia em Portugal, Nandini Singla; o secretário de Estado da Internacionalização Eurico Brilhante Dias, entre outros representantes de entidades governamentais.

O presidente executivo da Vision-Box, Miguel Leitmann, comentou: “Estamos muito orgulhosos com esta parceira com o Aeroporto Internacional de Bangalore/Kempegowda. Em conjunto, estamos a concretizar um marco histórico. Este projeto significa não só um melhoramento sem precedentes da experiência daqueles que viajam através de Bangalore, mas também a concretização de uma viagem completamente digital e sem obstáculos ao longo do aeroporto. Esta será a primeira implementação de uma viagem integralmente baseada em reconhecimento facial na Ásia, e a maior do mundo. É também um grande passo em direção à concretização da visão do Governo Indiano para uma Índia Digital. Bengalore destaca-se agora como a porta de entrada para a Índia moderna.”




Espera-se que o primeiro marco do projeto seja atingido no primeiro trimestre de 2019. Os primeiros utilizadores serão passageiros da Jet Airways, da Air Asia e da SpiceJet.

 

Sobre a Vision-Box

A Vision-Box é uma empresa líder em soluções de gestão de identidade eletrónica, controlo automatizado de fronteiras e experiência de viagem. Em parceria com os mais prestigiados governos, aeroportos e companhias aéreas, desenvolve e implementa soluções que promovem a melhoria da qualidade, conveniência, eficiência e segurança dos serviços que estes prestam a cidadãos e viajantes, utilizando tecnologia biométrica, entre outras. Sedeada em Portugal, a tecnológica tem soluções em 150 países e escritórios no Reino Unido, Países Baixos, Estados Unidos, Brasil, Emirados Árabes Unidos, Austrália, Hong Kong e Índia. As cerca de 5.000 soluções de identidade eletrónica espalhadas pelo mundo são utilizadas por centenas de milhões de cidadãos todos os anos.

 

Sobre o Aeroporto Internacional de Bangalore/Kempegowda

O Aeroporto Internacional de Kempegowda, em Bangalore, é o primeiro aeroporto greenfield da Índia a ser construído como parceria público- privada. É operado pela Bangalore International Airport Limited (BIAL), da qual promotores privados detêm a participação de 74% (Fairfax 54% e Siemens Projects Ventures 20%), e o governo os restantes 26% (Karnataka State Industrial e Infrastructure Development Corporation Limited – 13%, Autoridade Aeroportuária da Índia – 13%). O aeroporto iniciou a sua operação em maio de 2008 e melhorou significativamente a conectividade aérea regional e mundial da cidade de Bengalore e do Estado de Karnataka. Atualmente, é o aeroporto mais movimentado do sul da Índia e o terceiro maior do país. O Aeroporto Internacional de Kempegowda, em Bengalore, foi considerado o melhor aeroporto regional da Índia e da Ásia Central pela ‘Skytrax’ em 2018.




Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica