Bem-vindo, !|Sair

Qatar Airways acusa Delta de ‘arruinar’ voo inaugural para Atlanta


O voo inaugural da Qatar Airways entre os aeroportos de Doha (Emirado do Catar) e de Atlanta/Hartsfield-Jackson, EUA, não correu como a companhia árabe pretendia, tendo antes resultado num incómodo muito grande para todos os cerca de 500 passageiros que seguiam a bordo do Airbus A380 que aterrou pela primeira vez no aeroporto da capital do Estado da Geórgia, que é considerado um dos que tem maior movimento comercial em todo o mundo.

Acontece que o avião da Qatar Airways quando pousou em Atlanta não tinha lugar disponível para desembarcar os passageiros numa manga (portão) de embarque, com acesso direto ao Terminal, pelo que a aeronave ficou estacionada numa posição do parque que é utilizado durante o Inverno para a descongelação dos aviões, tendo os clientes da companhia árabe desembarcado em escadas remotas que foram colocadas pelos serviços aeroportuários.

Akber Al Baker, presidente do Conselho de Administração da companhia do Catar, não gostou da desconsideração, e, talvez, sem saber o que teria se passado na realidade, acusou a Delta Air Lines, companhia com maior movimento no aeroporto norte-americano e titular da maioria dos lugares nas mangas desse Terminal, de ter provocado o incómodo aos passageiros, numa tentativa de deslustrar o relevo que deveria ser dado ao primeiro voo da companhia árabe. Al Baker afirmou aos jornalistas que a Delta tinha “arruinado” o evento.

Supostamente na manga em que deveria ser colocado o Airbus A380 estava estacionado um Airbus A320 da Delta. Houve ainda outros problemas com os passageiros, nomeadamente no despacho das bagagens, que obrigou a Qatar a solicitar a outras companhias que operam em Atlanta/Hartsfield-Jackson equipamentos de transporte.

O aeroporto esclareceu rapidamente Akber Al Baker e disse que o voo estava previsto ser feito com um Boeing 777. O Airbus A380, maior avião de transporte de passageiros do mundo, exige instalações especiais para o desembarque dos passageiros e essas estavam todas ocupadas na hora de chegada do voo, se bem com outros tipos de aviões que dispensariam esses locais específicos. O porta-voz da administração aeroportuária disse ainda que as companhias aéreas devem informar as suas operações com uma antecedência mínima de 60 dias o que não aconteceu.

O Aeroporto Atlanta/Hartsfield-Jackson escreveu uma carta a Al Baker, reproduzida integralmente na semana passada por alguns sites informativos nos Estados Unidos, em que recorda todo o processo e aponta que a culpa está no lado da companhia árabe que só em Abril procurou um lugar para o A380 e que, sem receber resposta do aeroporto, distribuiu uma nota de imprensa a anunciar que o voo inaugural seria feito com o ‘Super Jumbo’.

A Delta também respondeu às afirmações corrosivas de Al Baker e desmentiu o anunciado propósito de prejudicar a operação da Qatar Airways em Atlanta. Antes, pelo contrário. A Delta diz que já ofereceu uma das suas mangas de serviço para que em próximos voos, e dada a quantidade de passageiros movimentados, os voos da Qatar não prejudiquem mais as suas operações nesta altura de Verão no hemisfério norte, de grande movimento de passageiros.

De que lado estará a razão? É difícil ter uma opinião, já que todos sabemos a guerra que está em curso entre companhias norte-americanas e ocidentais de maior volume de tráfego e as árabes que trabalham com grandes percentagens do movimento de passageiros em voos intercontinentais. E se tivermos em conta as divergências dos últimos anos entre a Qatar e a Delta ainda mais difícil se torna analisar este incidente.

A Qatar Airways abriu em Atlanta o seu 10º destino nos EUA. Este ano irá inaugurar ainda voos para Boston e Los Angeles e em Janeiro de 2017 será a vez do voo direto Doha-Las Vegas. O A380 (517 lugares em quatro classes) em Atlanta foi exceção no voo inaugural, pelo que o voo diário para esta cidade norte-americana está a ser feito com um Boeing 777-200LR com capacidade para 259 passageiros.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica