Queda de Boeing 737-800 da China Eastern provoca 132 mortos

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

Um avião Boeing 737-800 NG da China Eastern Airlines, matrícula B-1791, despenhou-se nesta segunda-feira, dia 21 de março, quando viajava entre os aeroportos de Kunning e de Guanghzou, no sul da China. Morreram todos os 132 ocupantes (123 passageiros e nove tripulantes), informaram as autoridades aeronáuticas da República Popular da China.

O site de rastreamento de movimentos de aviões ‘Flightradar24’ mostra que a aeronave caiu vertiginosamente, praticamente em linha reta, pelas 14h22 locais (06h22 UTC) desde a altitude de nove mil metros para o solo, embatendo numa montanha, onde provocou um incêndio florestal.

O avião fazia um voo doméstico (MU5735) e não há, por agora quaisquer indicações do que terá provocado o desastre. A queda do avião verificou-se a cerca de 25 quilómetros a sudoeste de Wuzhou.

A China Eastern Airlines é uma das maiores companhias aéreas chinesas, tendo uma frota de cerca de 600 aviões. A empresa distribuiu um comunicado em que indica que todos os restantes 106 aviões Boeing 737-800 NG da sua frota foram parados, por motivos de segurança. Em toda a China existem 1.088 aparelhos Boeing 737-800 ao serviço de companhias aéreas comerciais do país.

 

  • Notícia em desenvolvimento
  • Na foto de abertura vemos um Boeing 737-800 NG da mesma companhia, semelhante ao que se despenhou nesta segunda-feira. 

 

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Pilotos da TACV – Cabo Verde Airlines marcam greve de cinco dias entre 25 e 29 de abril

O Sindicato Nacional dos Pilotos da Aviação Civil (SNPAC)...

Luís Rodrigues completa primeiro ano à frente da TAP marcado por lucro recorde

O presidente da TAP, Luís Rodrigues, completa neste domingo,...

Presidente da SATA demitiu-se por falta de “condições” para continuar o “projeto proposto”

A Comissão de Trabalhadores da companhia aérea portuguesa Azores...

FAP terminou missão de patrulhamento no Golfo da Guiné em cooperação com países lusófonos

Os militares Força Aérea Portuguesa (FAP) da Esquadra 601...