Queda de Boeing 737-800 da China Eastern provoca 132 mortos

Um avião Boeing 737-800 NG da China Eastern Airlines, matrícula B-1791, despenhou-se nesta segunda-feira, dia 21 de março, quando viajava entre os aeroportos de Kunning e de Guanghzou, no sul da China. Morreram todos os 132 ocupantes (123 passageiros e nove tripulantes), informaram as autoridades aeronáuticas da República Popular da China.

O site de rastreamento de movimentos de aviões ‘Flightradar24’ mostra que a aeronave caiu vertiginosamente, praticamente em linha reta, pelas 14h22 locais (06h22 UTC) desde a altitude de nove mil metros para o solo, embatendo numa montanha, onde provocou um incêndio florestal.

O avião fazia um voo doméstico (MU5735) e não há, por agora quaisquer indicações do que terá provocado o desastre. A queda do avião verificou-se a cerca de 25 quilómetros a sudoeste de Wuzhou.

A China Eastern Airlines é uma das maiores companhias aéreas chinesas, tendo uma frota de cerca de 600 aviões. A empresa distribuiu um comunicado em que indica que todos os restantes 106 aviões Boeing 737-800 NG da sua frota foram parados, por motivos de segurança. Em toda a China existem 1.088 aparelhos Boeing 737-800 ao serviço de companhias aéreas comerciais do país.

 

  • Notícia em desenvolvimento
  • Na foto de abertura vemos um Boeing 737-800 NG da mesma companhia, semelhante ao que se despenhou nesta segunda-feira. 

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica