Bem-vindo, !|Sair

Região Ásia Pacífico Boeing contrata pilotos e técnicos

Gradiente 120x600

Durante os próximos 20 anos a região Ásia Pacífico aumentará a procura por pilotos de linha aérea e técnicos de manutenção. A conclusão lê-se num relatório da Boeing que antevê que esta região será responsável pela contratação de 464 mil pessoas, 40% do total mundial deste tipo de trabalhadores, ou seja, um número superior ao conjunto da América do Norte, África e Europa. No relatório, a divisão faz-se com um total de 226 mil pilotos e 238 técnicos até 2034. “Este é um número enorme e que se traduzirá num desafio e em oportunidades de carreira para aqueles que se interessem pela aeronáutica”, afirmou Sherry Carbary, vice-presidente da Boeing Flight Services, que acrescentou: “A Boeing investe fortemente na inspiração de uma nova geração de pilotos e técnicos e continuaremos a introduzir continuamente estudantes na nossa indústria”.

De acordo com o relatório, a procura de pilotos e técnicos dividir-se-á da seguinte forma: China, 100 mil pilotos, 106 mil técnicos; Sudoeste Asiático, 57 mil pilotos, 60 mil técnicos; Sul da Ásia, 40 mil pilotos, 37 mil técnicos; Nordeste Asiático, 17 mil pilotos, 22 mil técnicos; Oceânia, 12 mil pilotos, 13 mil técnicos. “Com o enorme crescimento do mercado, estamos a trabalhar de perto com todos os nossos clientes para garantir que eles têm as melhores equipas a operar os melhores aviões”, afirmou Ihssane Mounir, vice-presidente da região do nordeste asiático da Boeing Commercial Airplanes. O relatório “Boeing Pilot & Technician Outlook” está ligado às projecções de entregas de aviões no mundo inteiro. Assim, a região da Ásia Pacífico lidera também a entrega de novos aviões comerciais durante os próximos 20 anos: 14330 novos aviões no valor de 2.200.000 mil milhões de dólares, até 2034.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica