São Tomé e Príncipe prorroga estado de calamidade pública até final do mês

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

O Governo de São Tomé e Príncipe prorrogou até 30 de setembro o estado de calamidade pública que vigora no país, devido ao “alto risco da prorrogação da pandemia de covid-19 que ainda prevalece”.

“Constatando que a situação da pandemia no país não se encontra ainda totalmente controlada, pese embora a declaração da Organização Mundial da Saúde (OMS) que atesta que São Tomé e Príncipe já ultrapassou a fase aguda (…) é prorrogada a situação de calamidade pública em todo o território nacional até o dia 30 de Setembro de 2020”, anunciou o Governo em comunicado, que foi divulgado nesta terça-feira, dia 15 de setembro, pela agência de notícias ‘Lusa’.

O executivo lembra que o espaço aéreo do país “está totalmente aberto desde o dia 15 de Julho”, mas lamentou que “se tem verificado o aumento de casos positivos de covid-19 nos principais mercados emissores de turismo e de residência das maiores comunidades são-tomenses no estrangeiro”.

O início do ano lectivo “que tem implicado a movimentação diária de milhares de crianças e jovens” foi também usado como justificação para o Governo prorrogar o estado de calamidade pública.

“Durante a vigência da situação de calamidade, todas as ações de base sanitária, social, financeira e económica serão coordenadas pelo Comité de Crise do Governo”, criado em fevereiro, e presídio pelo primeiro-ministro, Jorge Bom Jesus, lê-se no comunicado do conselho de ministros.

De acordo com o executivo, “as novas medidas de prevenção e controlo para evitar a propagação da doença serão regulamentadas por decretos”.

De acordo com o Ministério da Saúde, nas últimas 48 horas São Tomé e Príncipe não registou qualquer caso positivo do novo coronavírus, em 82 testes realizados, mantendo-se as infeções acumuladas em 906.

Os doentes recuperados são agora 870, mas dois pacientes continuam internados no hospital de campanha instalado no centro de estágio da Federação São-tomense de Futebol (FSF), no centro da cidade de São Tomé.

Pelo menos 19 pessoas continuam em isolamento domiciliar com casos positivos de covid-19.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Pilotos da TACV – Cabo Verde Airlines marcam greve de cinco dias entre 25 e 29 de abril

O Sindicato Nacional dos Pilotos da Aviação Civil (SNPAC)...

Luís Rodrigues completa primeiro ano à frente da TAP marcado por lucro recorde

O presidente da TAP, Luís Rodrigues, completa neste domingo,...

Presidente da SATA demitiu-se por falta de “condições” para continuar o “projeto proposto”

A Comissão de Trabalhadores da companhia aérea portuguesa Azores...

FAP terminou missão de patrulhamento no Golfo da Guiné em cooperação com países lusófonos

Os militares Força Aérea Portuguesa (FAP) da Esquadra 601...