SAS facilita escolha do biocombustível em voos domésticos e regionais na Europa

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A companhia aérea SAS – Scandinavian Airlines lançou nesta segunda-feira, dia 3 de abril, dois tipos de bilhetes que incluem biocombustíveis. Estarão disponíveis em todos os voos domésticos e para cidades europeias operados pelos seus aviões.

A SAS pretende usar combustível de aviação livre de fósseis equivalente a todos os seus voos domésticos até 2030. A companhia pretende que os seus passageiros (clientes) façam parte desta jornada rumo a viagens aéreas mais sustentáveis, lançando passagens que incluem a quantidade máxima permitida de biocombustível.

Os viajantes que comprarem passagens ‘Go Smart’ ou ‘Plus Pro’ poderão comprar essas passagens com aproximadamente 50% (*) de biocombustível incluído para reduzir a emissão de CO₂ de seu voo SAS.

“A nossa jornada em direção a uma aviação mais sustentável continua e, ao aumentar o uso de biocombustível, estamos preenchendo a lacuna para voos de emissão zero. Sabemos que é importante para nossos clientes, tanto de lazer quanto corporativos, participar ativamente desses esforços”, considera  Ann-Sofie Hörlin, responsável pelo departamento de Sustentabilidade da SAS.

 

(*) Sobre os bilhetes SAS Bio:

O ‘Go Smart Bio’ e o ‘Plus Pro Bio’ incluem o custo de aproximadamente 50% de biocombustível, que é calculado em uma viagem média, correspondendo a aproximadamente a 60 minutos de duração de um voo doméstico na Suécia ou na Noruega, 60 minutos na Escandinávia, 35 minutos de um voo doméstico na Dinamarca ou uma hora e 30 minutos nos voos europeus.

A quantidade de biocombustível adquirida será utilizada para substituir a quantidade equivalente de combustível fóssil nas operações do SAS.

A SAS garante que a compra do biocombustível ocorre em até 12 meses. A companhia não lucra com a compra.

 

Factos sobre o biocombustível

O biocombustível é um combustível de aviação sustentável (SAF) que emite aproximadamente 80% menos CO₂ com impacto climático em comparação com os combustíveis fósseis durante seu ciclo de vida. Atualmente, de acordo com os regulamentos da aviação comercial, o biocombustível deve ser misturado ao querosene de aviação convencional com uma mistura máxima de 50% SAF.

Desde 2019, a SAS oferece o biocombustível como extra de viagem, disponível em todos os voos na Escandinávia.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Governo Português envia avião da TAP com ajuda humanitária para o Rio Grande do Sul

O Governo português vai enviar, na próxima terça-feira, dia...

GOL e AZUL anunciam acordo de ‘codeshare’ que vigorará a partir do final de junho

As companhias aéreas brasileiras GOL e Azul anunciam nesta...

SATA Air Açores transportou doentes do Hospital de Ponta Delgada que estavam na Madeira

A SATA Air Açores realizou nesta quarta-feira, dia 22...