Sistema de segurança da aviação civil em Cabo Verde auditado pelos EUA

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

O sistema de segurança e proteção da aviação civil da República de Cabo Verde contra atos de interferência ilícita foi submetido a uma auditoria da TSA (‘Transportation Security Administration’ dos Estados Unidos da América), entre os dias 6 e 8 de julho de 2021, na qual o Aeroporto Internacional da Praia, na ilha de Santiago, obteve resultados considerados excelentes pela equipa de auditores americanos.

“A referida auditoria teve como objetivo medir o nível de cumprimento das normas e práticas recomendadas constantes do Anexo 17 à Convenção de Chicago de 1944 – “Segurança de Aviação Civil e contra atos de interferência ilícita” para efeito de manutenção do estatuto de ‘Last Point of Departure’ (LPD) para os EUA, detido por um grupo bastante restrito de países do nosso continente africano”, refere a Agência de Aviação Civil (AAC) de Cabo Verde em comunicado de imprensa.

A auditoria recaiu sobre as seguintes áreas: Organização de segurança; Formação e Treino; Controlo de qualidade; Operações aeroportuárias; Segurança e proteção de aeronave; Passageiros e bagagem; Carga aérea e correios e catering; Segurança do ‘lado terra’, Cybersecurity e Resposta a Atos de interferência ilícita.

“Comparativamente à anterior auditoria, realizada em 2019, o AIDP-NM atingiu um nível de excelência relativamente à implementação efetiva dos requisitos de segurança, o que indica que as operações aéreas a partir de Cabo Verde para os EUA são efetuados em ambiente seguro e definiu a manutenção do AIDP-NM enquanto LPD”, anuncia a AAC de Cabo Verde.

Na imagem vemos o grupo de trabalho que esteve envolvido na auditoria de segurança do Aeroporto Internacional da Praia/Nelson Mandela junto com os funcionários da administração norte-americana.

Esta auditoria decorreu em contexto de ausência de voos para os EUA, o que acontece desde abril de 2020 e num quadro adverso restritivo provocado pela pandemia de covid-19.

A Agência de Aviação Civil de Cabo Verde destaca que logo que a companhia aérea nacional retome os voos para o Aeroporto de Boston, a TSA, entidade responsável pela segurança aérea nos EUA, fará uma nova auditoria, desta feita à operadora aérea, tendo como referência os normativos de segurança do país.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Azores Airlines inicia novas rotas nacionais e internacionais no próximo mês de junho

A companhia aérea portuguesa Azores Airlines estreia, a partir...

Aumento para 45 movimentos/hora no atual Aeroporto de Lisboa requer estudo, esclarece o Governo

O aumento de capacidade do Aeroporto Humberto Delgado, em...