Bem-vindo, !|Sair

SPAC admite adoptar novas formas de luta após a presente greve

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) admite que a contestação da classe pode continuar depois dos dez dias de greve na TAP Portugal e na PGA Portugália Airlines, adiantando que “novas medidas serão anunciadas a seu tempo”.

Questionado pela sobre a possibilidade de uma nova greve no prazo de um mês, o SPAC responde que “novas medidas serão anunciadas a seu tempo”, ressalvando que não há ainda qualquer assembleia-geral marcada.

O ‘Diário Económico’ noticiou nesta terça-feira, dia 5 de Maio, que os pilotos admitiram na segunda-feira, durante uma sessão de esclarecimento, na sede do SPAC, prolongar a paralisação para lá dos atuais dez dias, realçando que uma nova greve pode ocorrer no final de Maio ou nos feriados de Junho.

A greve dos pilotos começou a 01 de maio e prolonga-se até dia 10.

Na origem do protesto está a acusação de incumprimento do acordo assinado em Dezembro de 2014 – vertido no caderno de encargos da privatização da TAP -, e do estabelecido em 1999, que dava aos pilotos o direito a uma participação de até 20% no capital da empresa no âmbito da privatização.

 

  • Todas as notícias sobre a greve de pilotos na TAP neste LINK

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica