TAAG encerra representação comercial própria em Portugal

A TAAG – Linhas Aéreas de Angola vai encerrar a sua representação de vendas em Portugal e entregar esse serviço a uma empresa de ‘General Sales Agency’ (GSA) que tudo indica será a Summerwind Portugal, soube o ‘Newsavia’ junto de fontes ligadas ao processo de negociação que está em curso e perto de ser anunciado.

A representação de Lisboa é a mais antiga da companhia angolana num país estrangeiro e tem contado ao longo dos anos, inclusivamente, com funcionários deslocados e outros portugueses que, na Europa, representam a parte comercial e de vendas da TAAG.

A decisão da companhia de bandeira angolana insere-se no atual processo de reorganização e reestruturação da empresa aérea em todos os seus setores, como já foi divulgado, pela atual Comissão Executiva que é presidida pelo espanhol Eduardo Fairen Soria, antigo comandante de linha aérea e um quadro com grande experiência na aviação comercial.

O encerramento da representação própria em Portugal alinha-se pelo propósito de mitigar custos, que são bastante elevados nas delegações, segundo fontes conhecedoras do processo. Por outro lado, trata-se de uma decisão que se alinha por práticas seguidas por outras companhias em diversos países.

A Summerwind Portugal, que está instalada em Lisboa desde há 13 anos, é uma subsidiária da Summerwind GSA, empresa espanhola fundada e dirigida por Federico Ledo Soria. Representa em Portugal diversas companhias aéreas de renome, nomeadamente a Singapore Airlines, a LAM – Linhas Aéreas de Moçambique, a Aegean Airlines, a Plus Ultra – Liñeas Aéreas, a Blue Air e a Binter Canarias.

João Moreira Batista, diretor-geral da Summerwind Portugal, disse ao ‘Newsavia’ que não era oportuno pronunciar-se sobre uma eventual negociação com a TAAG, e remeteu-nos para um comunicado que deverá ser divulgado no decorrer da corrente semana.

Contudo, e desde já, o responsável pelo GSA português fez questão de esclarecer que tinha conhecimento de que em Angola se colava o nome do fundador da Summerwind, em Espanha, ao atual CEO da TAAG. “Não há qualquer grau de parentesco entre ambos, apenas a coincidência de existir um sobrenome igual” – Soria – o que acontece em muitos países, de forma particular entre os latinos. João Moreira Batista adiantou-nos que isso já consta em Portugal, através de comentários publicados através das redes sociais, especialmente entre grupos de funcionários da TAAG descontentes ou receosos das mudanças em curso, e “é completamente falso”.

O ‘Newsavia’ solicitou um comentário ao Gabinete de Imprensa e Informação da TAAG, que será publicado logo que nos seja enviado.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica