TAP faz segundo voo de repatriamento de portugueses de Venezuela

Um Airbus A330-900neo da TAP Air Portugal aterrou na manhã desta quinta-feira, dia 4 de novembro, no Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, proveniente do Aeroporto Internacional Simón Bolívar/Maiquetía (Estado de Vargas), com 295 passageiros, num voo de repatriamento de cidadãos europeus que estavam na Venezuela, organizado pelas autoridades portuguesas.

O avião, matrícula CS-TUC, que tinha chegado a Maiquetía na tarde desta terça-feira, dia 3, com algumas dezenas de passageiros de regresso a Venezuela, descolou pelas 16h50 locais, 20h50 em Portugal, e aterrou na capital portuguesa pelas 06h12 locais desta quinta-feira, dia 5.

Segundo as autoridades consulares portuguesas em Caracas, que coordenaram o voo com destino a Lisboa, que foi vendido a um preço considerado acessível, embarcaram 177 cidadãos portugueses e outros 118 europeus, que seguiram para a Alemanha, Espanha, Finlândia, França, Grécia e Reino Unido. Entre os cidadãos portugueses viajaram 83 com destino à Madeira, que continuarão viagem nesta quinta-feira para o seu destino final, em voos da TAP.

Este é o quarto voo de repatriamento de cidadãos portugueses, aberto também a outros europeus com necessidade de viajar, realizado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros de Portugal, que contou com o apoio do Consulado-Geral em Caracas. Os primeiros dois foram realizados com aviões da Hi Fly e os últimos dois com aparelhos da TAP Air Portugal.

O transporte de cidadãos de outros nacionalidades nos voos organizados por Portugal deve-se ao facto de já terem existido cedências de lugares a cidadãos portugueses em voos que foram contratados por outros países da União Europeia. Uma retribuição que tem se registado através dos mecanismos instituídos pelas instâncias comunitárias em Bruxelas.

 

  • As imagens que publicamos foram distribuídas ontem pela autoridade de aviação civil da Venezuela e mostram a chegada do avião português a Maiquetía, o aeroporto internacional que serve a cidade de Caracas, assim como dos passageiros que, segundo a entidade, cumpriram todos os protocolos sanitários previstos e exigidos pelo País nesta situação de pandemia.

 

  • Notícia atualizada às 11h00 UTC de quinta-feira, dia 5 de novembro de 2020.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica