Bem-vindo, !|Sair

TAP reduz oferta no longo curso – Colômbia e Panamá passam de 4 para um voo semanal

A companhia portuguesa TAP reduziu sete voos nas suas rotas intercontinentais e acrescentou apenas um, neste caso para Miami, no Estado norte-americano da Flórida, segundo os horários já disponíveis para o próximo Verão IATA, que decorre a partir do dia 27 de março deste ano.

Segundo as alterações visíveis através dos sistemas de GDS das agências de viagens, a alteração mais importante é a retirada de três dos quatro voos semanais que a TAP faz de Lisboa para a Cidade do Panamá, com escala e direitos de tráfego em Bogotá, capital da Colômbia. A linha, que teve o seu voo inaugural a 1 de julho de 2014, continuará a ser servida pelos Airbus A330-200 (268 passageiros) e passa a ter apenas uma ligação semanal.
160x600 Generic
No Brasil estão decididas alterações nos voos de maior milhagem, mantendo-se, por enquanto, as escalas para o Rio de Janeiro, Brasília e aeroportos do Nordeste.

Assim, foi decidido não avançar com uma sétima frequência semanal entre Lisboa e Belo Horizonte (Estado de Minas Gerais), que estava prevista funcionar entre 25 de junho e 30 de Setembro de 2016.

Na rota da capital portuguesa para Porto Alegre (Rio Grande do Sul) estava planeada um quarto voo semanal que não irá adiante, mantendo-se as três ligações por semana.

Do Aeroporto Francisco Sá Carneiro, na cidade do Porto, foi cancelado o planeado terceiro voo para o Aeroporto de Guarulhos/São Paulo, que deveria iniciar-se a 23 de junho. Contudo, para este aeroporto da cidade paulista, a TAP irá acrescentar um voo semanal de Lisboa, passando a disponibilizar 12 ligações semanais da capital portuguesa para o mais movimentado aeroporto da América do Sul.

As ligações para Angola não irão aumentar. A crise económica que o país africano vive levou a TAP a rever em baixa as suas escalas, tendo sido cancelada a 11ª ligação semanal que a companhia pretendia iniciar a 21 de junho deste ano.

Para a América do Norte há melhores notícias. Os voos entre Lisboa e Miami passarão a ser diários (mais uma ligação semanal do que actualmente), resultado do crescimento do tráfego, determinado em parte pelo fato de muitos portugueses que residem (ou residiam) na Venezuela viajarem agora através da conhecida cidade da Flórida.

Recorde-se que David Neeleman, o empresário que controla a Azul e que por via da compra da maioria do capital do grupo aéreo português, em associação o português Humberto Pedrosa, lidera as mudanças em curso na TAP, prometeu há alguns meses, em Lisboa, que a TAP iria criar novas linhas para cidades norte-americanas. Portanto, espera-se que será nessa área geográfica que a TAP poderá crescer bastante em termos de tráfego, com uma percentagem importante dos passageiros a utilizar o aeroporto internacional da capital portuguesa como hub para outros países e cidades europeias ou africanas.

 

  • Na imagem vê-se um Airbus A330-200 da TAP estacionado no Aeroporto Internacional El Dorado, em Bogotá, na Colômbia. Foto: Javier Franco Topper

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica