Bem-vindo, !|Sair

TAP rejeita alarmismos sobre a sua operação e diz que está em linha com padrões europeus

Os índices de regularidade na operação da TAP Portugal são absolutamente normais para a época do ano e mesmo melhores que a média da indústria europeia da aviação civil, refere a companhia em comunicado distribuído na tarde de hoje, terça-feira, dia 2 de Setembro, em Lisboa. A nota de imprensa esclarece que “não existe fundamento para a actual vaga de análises e comentários alarmistas e claramente especulativos sobre a companhia”.

A TAP realizou ao longo do mês de Agosto um total de 10.541 voos, com um índice de regularidade de 99,1 por cento, melhor que os 98,9 registados em 2013.

Entre voos cancelados e regressos ao ponto de partida a TAP registou 76 ocorrências em Agosto de 2013, contra 73 no mesmo período de 2014, apesar de ter efectuado mais 303 voos e transportado mais 105 mil passageiros.

“O cancelamento de voos é parte intrínseca de uma operação segura; não se cancelam voos por falta de segurança, mas por rigor de segurança, esta sim, a prioridade de todas as prioridades na transportadora aérea portuguesa”.

Na nota de imprensa a TAP Portugal admite que as perturbações verificadas entre Junho e meados de Julho – consequência da chegada tardia de novos aviões, de algumas imobilizações mais prolongadas e da greve de zelo do sindicato dos pilotos – possam ter contribuído para exponenciar a atenção dos media e da opinião publica sobre o dia-a-dia da companhia, criando uma imagem que, neste momento, já nada tem a ver com a realidade.

“Apesar de toda a especulação em torno da TAP, a companhia continuará a colocar acima de tudo a segurança dos seus passageiros, em todas as circunstâncias, valor que estes apreciam e premeiam como ilustram os contínuos aumentos de tráfego e melhoria dos resultados”, reafirmam os responsáveis pela operação da companhia aérea portuguesa que mantém um dos melhores padrões de segurança do mundo.

O comunicado da TAP Portugal surge numa ocasião em que a companhia tem sido mais seguida pelos meios informativos portugueses, e, nomeadamente, pelos utentes das redes sociais, a quem não têm escapado, nos últimos meses, todas os atrasos, incidentes e avarias que, embora normais numa companhia aérea, são agora seguidos mais de perto pelo grande público, com a colaboração involuntária das comunidades afectas aos entusiastas da aviação que, seguem, com paixão e interesse, muitas vezes profissional, toda a evolução da aviação comercial. A verdade é que as notícias, que, referem ocorrências que, segundo a TAP, são “parte intrínseca de uma operação segura”, nem sempre são analisadas dessa forma, sobretudo quando saltam para os noticiários de televisão e para as páginas de jornais que, muitas vezes, com títulos despropositados, procuram cativar a atenção das suas audiências.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica