Bem-vindo, !|Sair

Tripulação da Air France libertada em Bamako (Mali)


 

A Air France anunciou ao fim da manhã desta sexta-feira, dia 20 de novembro, que os 12 membros (dois pilotos e 10 comissários de bordo) da companhia francesa, que pernoitaram no Hotel Radinson Blu, na cidade de Bamako, foram libertados e encontram-se bem num local seguro da capital do Mali.

O hotel foi sequestrado às primeiras horas da manhã desta sexta-feira por um grupo armado que círculos policiais deste país africano identificam como jihadistas. Segundo alguns dos reféns que foram libertados os sequestradores falavam inglês, usava metralhadoras de fabrico russo, e obrigaram alguns dos reféns a recitar frases do Corão antes de abandonarem o hotel. Numa primeira fase foram libertados cerca de 80 reféns. Durante a tarde deu-se o ataque resgate das forças policiais, com a ajuda de militares norte-americanos  e das forças de manutenção da paz das Nações Unidas (ONU) que estão no Mali. Verificaram-se 27 mortos, segundo fontes da ONU, entre eles vários rebeldes.

Entre os sequestrados libertados logo depois da hora do almoço, contam-se os cinco tripulantes  da Turkish Airlines que também se encontram no Hotel Radinson Blu (Leia nossa notícia anterior).

Os voos da Air France AF3852 Paris-Bamako e AF3873 Bamako-Paris foram cancelados, informou a companhia na capital francesa.

 

  • Notícia atualizada às 20h00 UTC

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica