Tripulação nigeriana controla passageiros após incêndio num porão – com vídeo

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img


 

Um avião turboélice De Havilland Dash-8-400 da companhia nigeriana Aero Contractors aterrou de emergência, na terça-feira, dia 18 de abril, no Aeroporto Internacional de Lagos, na Nigéria, devido à cabina de passageiros se encontrar com muito fumo, provocado por um suposto incêndio dentro da aeronave.

O incidente verificou-se no percurso entre Port Harcourt e Lagos, 20 minutos após a descolagem. Gerou-se algum pânico dentro do aparelho, mas as orações e cânticos religiosos de alguns passageiros, bem como o constante acompanhamento da situação por parte do comandante da aeronave conseguiram controlar os passageiros que, embora sob grande pressão, mantiveram os seus lugares e acataram as instruções de segurança da tripulação.

Por razões desconhecidas as máscaras de oxigénio não baixaram – especula-se com uma provável avaria no sistema – mas o comandante insistiu com os passageiros para que baixassem as suas cabeças e colocassem lenços no nariz para evitar a inalação de fumo. A tripulação distribuiu toalhas de papel embebidas em água que ajudaram a passar o incómodo da situação.

A aeronave pousou 18 minutos depois no Aeroporto Internacional Murtala Mohammed, em Lagos, acompanhado por viaturas de bombeiros e tudo acabou em bem, tendo os 53 passageiros (52 adultos e uma criança) abandonado o avião pelos seus próprios meios.

Fontes da companhia aérea africana e do NCAA (Nigerian Civil Aviation Authority), autoridade nacional de aviação civil, disseram que já foi aberto um inquérito para verificar as causas do incidente.

Entretanto, o presidente da Aero Contractors, comandante Ado Sanusi, revelou na quarta-feira, dia 19 de abril, que o foco do incêndio foi localizado num dos porões de carga do aparelho, tendo o fumo se introduzido no sistema de ar condicionado da cabina de passageiros. Adiantou que o avião passou recentemente por uma inspeção não tendo sido detetada qualquer anormalidade.

Diversos passageiros colocaram vídeos nas redes sociais do ambiente que se viveu a bordo e são unânimes em referir o bom trabalho da tripulação e a serenidade e profissionalismo com que o comandante lidou com a situação. “O nosso Deus foi o comandante pois ele soube controlar o avião e os passageiros para uma aterragem segura”, disse um dos passageiros entrevistado por um canal televisivo nigeriano.

A Aero Contractors é presentemente a companhia mais antiga da Nigéria, onde se tem assistido nos últimos anos à falência de diversas empresas aéreas, mesmo as que foram criadas pelo Estado ou como empresas públicas. De uma frota com mais de uma dezena de aviões há 10 anos tem na atualidade apenas duas aeronaves de passageiros a trabalhar – a outra é um Boeing 737-400 (matrícula 5N-BOC) com mais de 25 anos de serviço – e encontra-se também sob proteção de credores.

  • A seguir podem ver um vídeo feito por um passageiro colocado no canal YouTube pela ‘Nigerian Business People TV’:

 


“Como

1 COMENTÁRIO

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Ryanair anuncia rota sazonal entre Cracóvia (Polónia) e o Algarve, a partir do dia 1 de abril

A Ryanair anunciou o reforço das suas operações nos...

TAP apresenta novo stand na BTL, reforça rede de longo curso e renova parcerias

 A TAP Air Portugal estreou este ano um novo...

TAP reforça operação para Brasil e América do Norte – Total de 193 voos semanais

A TAP Air Portugal anunciou nesta quinta-feira, dia 29...

Lucro líquido do grupo Air France-KLM atinge 934 milhões de euros em 2023

O grupo Air France-KLM anunciou nesta quinta-feira, dia 29...