Tripulantes de cabina aceitam contraproposta da TAP e cancelam greve

Os tripulantes de cabina da TAP Air Portugal decidiram aceitar a contraproposta apresentada pela companhia aérea e desconvocar a greve marcada para o período entre 25 e 31 de janeiro, disse à agência de notícias ‘Lusa’ uma fonte oficial do Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC).

A proposta apresentada pela TAP foi aprovada com 654 votos a favor, 301 votos contra e 20 abstenções.

Na quinta-feira passada, dia 19 de janeiro, os tripulantes, reunidos em assembleia-geral extraordinária, tinham rejeitado, pela segunda vez, uma proposta da TAP, que ia ao encontro de 12 das 14 reivindicações do SNPVAC, na tentativa de evitar uma nova greve.

Em relação à sessão de quinta-feira, destaca-se a cedência da TAP quanto à anulação do corte de 25% em ajudas de custo complementares.

TAP congratula-se com a decisão do SNPVAC e assegura compromissos com os seus clientes e abertura para continuar a negociar com todos os trabalhadores da empresa

Durante a tarde desta segunda-feira, dia 23, a TAP distribuiu um comunicado em que se congratula “com a decisão de cancelamento da greve de Tripulantes de Cabina, hoje tomada em Assembleia Geral do SNPVAC, que vai permitir que a Companhia cumpra todas as expectativas criadas aos passageiros que confiaram na TAP para realizar as suas viagens”.

“Esta decisão conduz a uma nova etapa na vida da TAP, reabrindo a negociação do novo Acordo de Empresa, juntando agora todos os sindicatos representativos dos trabalhadores da TAP, na busca de um equilíbrio que permita cumprir os termos do Plano de Restruturação”, lê-se mais adiante na nota de imprensa, na qual a companhia garante que estão assegurados “os interesses de todos os envolvidos, na prossecução do caminho que nos conduzirá à necessária estabilidade, sustentabilidade e crescimento da empresa”.

A Comissão Executiva da TAP afirma que se empenhou totalmente nas negociações com o SNPVAC, de forma que este desfecho fosse possível, e vai manter esta abertura e diálogo com todas as estruturas representantes dos trabalhadores.

A operação da TAP mantém-se sem qualquer alteração e todos os compromissos assumidos com os clientes, nomeadamente os passageiros com voos marcados para os dias que integravam o pré-aviso de greve, entretanto cancelado, serão respeitados, “numa demonstração inequívoca de que todos os seus profissionais estão fortemente empenhados na defesa e desenvolvimento da TAP”, conclui o comunicado da companhia aérea.

 

  • LINK notícia relacionada
  • Notícia atualizada às 17h30 UTC

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica