Bem-vindo, !|Sair

Tupolev Tu-154 russo cai no Mar Negro – Morreram 92 pessoas

banner-newsavia-app-android-750x65

Um avião Tupolev Tu-154, matrícula RA-85572, caiu na manhã deste domingo, dia 25 de Dezembro, no Mar Negro, no sul da Rússia, confirmaram fontes do Ministério da Defesa em Moscovo. A bordo seguiram 92 pessoas, sendo 84 passageiros e oito tripulantes.

Os passageiros eram na sua maioria militares e entre estes contam-se elementos do famoso grupo musical ‘Ensemble Alexandrov’ que tem por missão o entretenimento das Forças Armadas Russas e que é também conhecido pelo ‘Coro do Exército Vermelho’. Viajavam ainda nove jornalistas e uma assessora do Chefe de Estado russo, que é também dirigente de uma organização humanitária em Moscovo.

O avião tinha descolado de uma base aérea de Chkalovsky, junto do Aeroporto Internacional de Adler, em Sochi, pelas 05h240 (02h40 UTC) e caiu poucos minutos depois, a cerca de um quilómetro e meio da costa litoral, encontrando-se os destroços a uma profundidade que varia até 30 metros.

Os serviços de resgate encontraram diversos destroços e corpos no mar. O ministro da Defesa falou aos jornalistas, em Moscovo, e disse que não há sobreviventes entre os ocupantes do aparelho sinistrado.

Fontes aeroportuárias de Sochi, que estão a ser citadas por canais televisivos russos, admitem que o avião, equipado com três motores, poderá ter caído após ter sugado um bando de aves.

O ministro da Defesa disse que estava aberto um inquérito para apuramento das causas do acidente e afastou para já quaisquer suspeitas de atentado. Por enquanto, apenas se admite que tenha ocorrido uma avaria técnica, diz o ministro. As comunicações entre a torre de controlo aéreo e a tripulação do Tupolev foram cortadas poucos minutos após a descolagem.

O ‘Coro do Exército Vermelho’ seguia para a Síria, onde a Rússia destacou tropas e meios militares para apoio ao Governo na guerra contra os opositores do regime.

O Tupolev Tu-154 sinistrado pertencia à frota oficial do Ministério da Defesa, confirmaram fontes oficiais.

Foi decretado um dia de luto nacional.

 

Putin encarrega primeiro-ministro do inquérito

A meio da manhã de domingo em Moscovo, as agências noticiosas internacionais anunciaram que o Presidente da Rússia, Vladimir Putin, ordenou ao primeiro-ministro Dmitri Medvedev a constituição de uma comissão de inquérito governamental encarregada de investigar as causas do acidente com o Tu-154 em Sochi. A posição de Putin está expressa num comunicado do Kremlin, que destaca que o Chefe de Estado tinha expressado “as suas condolências mais profundas” aos familiares das 92 vítimas, em grande parte músicos dos coros do Exército Vermelho que iam celebrar a Passagem de Ano com os soldados russos destacados na Síria.

 

  • Notícia atualizada  – 12h00 UTC de segunda-feira, dia 26 de dezembro.
  • Foto de entrada: Antonio_D50.livejournal.com

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica