Bem-vindo, !|Sair

Volta Redonda (RJ) terá aeroporto comercial com pista de 1.800 metros de extensão

O aeroporto de Volta Redonda, localizado no Vale do Paraíba, ao Sul do Estado do Rio de Janeiro, está a um passo de se tornar realidade. A região, estrategicamente localizada entre as duas principais capitais do Brasil, Rio de Janeiro e São Paulo, contará com um terminal de passageiros de 682 metros quadrados, um parque de estacionamento para aeronaves de 19.600 metros quadrados, uma nova pista de taxiway, além da ampliação para 1.800 metros de extensão da pista existente.

As obras atrás referidas foram anunciadas ontem por Moreira Franco, ministro da Aviação Civil, que se deslocou à cidade para falar dos investimentos da Secretaria de Aviação Civil no aeroporto da região.

A construção da nova estrutura aeroportuária está na fase final do Programa de Investimento em Logística: Aeroportos, da Secretaria de Aviação Civil (SAC). Já foram realizados o Estudo de Viabilidade Técnica (EVT), onde são avaliadas questões ambientais e legais que possam impedir a construção, e o Estudo Preliminar, onde são definidos os aspectos gerais da obra. O próximo passo é realizar o anteprojeto, que detalha a planta do novo aeroporto.

Superada esta fase, a licitação pode ser feita para que as obras sejam iniciadas. Para o ministro-chefe da Aviação Civil, Moreira Franco, é fundamental que a região receba um aeroporto que garanta conforto e tranquilidade à população. “Este é um dos programas que o governo federal está desenvolvendo que coloca a aviação civil brasileira em um novo patamar, no século XXI. Hoje, este modal é um transporte coletivo. Mas queremos que ele se transforme em um transporte de massa para os brasileiros”, defendeu.

A área onde será erguido o aeroporto conta actualmente com apenas uma pista de pouso e descolagem de 823 metros de extensão que não é homologada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e, por isso, não pode receber voos comerciais. No entanto, há interesse das companhias aéreas em operar no município também conhecido como “Cidade do Aço”, por abrigar a Companhia de Siderúrgica Nacional (CSN), a primeira produtora de aço do Brasil.

Iniciado em 2011, o Programa de Investimentos em Logística visa desenvolver a infraestrutura aeroportuária do país e garantir à população um serviço de qualidade. Em todo o Brasil, 270 aeroportos regionais receberão investimentos que chegam a 7,4 mil milhões de reais. Cerca de 96% das pessoas estará a menos de 100 km de um aeroporto. Os recursos são oriundos do Fundo Nacional de Aviação Civil (FNAC) e Banco do Brasil.

No Rio de Janeiro, além de Volta Redonda, outros oito aeroportos receberão melhorias pelo programa. O investimento no Estado está previsto em 273 milhões de reais.

Em 2011 o Governo do Estado do Rio de Janeiro tinha anunciado a construção do novo Aeroporto Regional do Vale do Aço, na Prefeitura de Volta Redonda, que teria uma pista com a extensão de 2.200 metros., e que seria construído na Região de Roma. Contudo, não passou do projecto, apresentado também nessa oportunidade.

 

mh banner2

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica