Voos diretos da Aerolíneas de Buenos Aires para Salvador começam a 3 de Janeiro

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

Foi lançado na sexta-feira, dia 12 de Dezembro, o novo voo da Aerolíneas Argentinas que ligará a cidade de Buenos Aires com Salvador da Bahia, no Brasil, seis vezes por semana.

Para o efeito o Governo do Estado, representado pela Secretaria do Turismo e a Bahiatursa, em conjunto com a Aerolíneas Argentinas, reuniram o ‘trade’ baiano, num café da manhã que decorreu na Casa do Comércio, em Salvador, onde foi feito o anúncio oficial do voo que começará no dia 3 de Janeiro.

Os voos serão operados com aeronaves Boeing 737-800, com capacidade para 170 passageiros, saindo de Salvador às 02h40, com chegada a Buenos Aires às 07h30. Na volta, os voos sairão da capital argentina às 9h30, com chegada à capital baiana às 01h55.   A tarifa de abertura da carreira custa 329 dólares norte-americanos.

Segundo o secretário do Turismo, Pedro Galvão, “o voo direto para Buenos Aires é um anseio muito antigo de todos os baianos, pois os argentinos são os nossos maiores visitantes das Américas. Com a facilidade agora de apenas quatro horas de voo, ficará muito mais fácil. E Buenos Aires, uma mistura de Paris e Madrid, atrai muito os baianos”.

Muitos dos voos já estão lotados, nomeadamente os que estão previstos para a época do Carnaval. Nos primeiros dois meses a Aerolíneas Argentinas estão a contar com uma ocupação média de 80 por cento.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Centro Digital de Aviação em Portugal acelera a transformação digital e a inovação na TAP

‘Tata Consultancy Services’ estabelece um centro de excelência em...

Emirates destaca a importância da pontualidade no aeroporto para as viagens de Verão

Numa altura em que o Aeroporto Internacional do Dubai...

TAAG retoma voos para o Bié com um voo triangular Luanda-Menongue-Cuito

A partir do próximo dia 2 de agosto de...

Oferta de voos domésticos para o Nordeste Brasileiro em julho crescerá mais de 10% face a 2023

A oferta de voos domésticos na temporada de férias...