Bem-vindo, !|Sair

A maior companhia regional dos EUA apresenta insolvência por falta de pilotos

_Business_Class_728x90_SAO_ORL


 

A Republic Airways, companhia aérea regional que opera cerca de 1.200 voos diários, para 100 cidades nos Estados Unidos da América e Canadá, apresentou na passada semana, um pedido de protecção de credores colocando em causa não só os seus clientes e colaboradores, mas também os seus fornecedores. Entre eles a Embraer e a Bombardier, construtores que viam na Republic um dos seus mais importantes clientes.

A companhia opera a maioria das rotas regionais nos EUA em regime de contratação para as maiores companhias americanas, nomeadamente a American Airlines, a  Delta AirLines e a United Continental.
A operação da Republic Airways mantém-se para já, visto que este pedido não inviabiliza a sua operação, mas como é previsível vêm aí tempos difíceis.
De acordo com o pedido entregue em tribunal os gestores da companhia atribuem esta crise à falta de pilotos que existe nos Estados Unidos, que os obrigou a parar muitos aviões, perdendo milhares de passageiros por dia, e prejudicando toda a operação. Os mesmos documentos revelam ainda um passivo de 3 mil milhões de dólares, com uma atribuição de activos no mesmo valor.

Até a este anúncio que prevê uma insolvência, a Republic era um dos maiores clientes do novo CS300 com 40 unidades encomendadas, e com uma opção de compra para mais 40 aeronaves, um negócio de cerca de 6,34 mil milhões de dólares, um duro golpe para a Bombardier que esta semana viu as suas acções caírem cerca de 6,02%. Por sua vez a construtora aérea brasileira Embraer caiu 4% na Bolsa de Valores da cidade de São Paulo, na passas sexta-feira dia 26 de Fevereiro.

Embraer-175--Republic-Airways

A Embraer tem cerca de 28 aeronaves E175 contratadas para entrega, mas reina agora a incerteza, para ambos os construtores. Geralmente, em processos de insolvência semelhantes, os contratos futuros são negociados podendo haver lugar a uma transferência de contrato para outras companhias ou em última instância o cancelamento.

Frota Actual da Republic Airways

18 – Bombardier Dash 8 Q 400
31 – Embraer 170
98 – Embraer 175

 

  • Foto na notícia: Embraer 175 American Airlines By Ken Iwelumo
  • Foto destaque:  C300 – Bombardier

2 Comments

  1. After Colgan Air accident, USA Congress voted that Businness and Regional pilotos must have a minimum of 1.500 flying time.
    Both pilotos of that accident had much more hours!!!!!!
    1st: quality is diferent from quantity.
    2nd: this is one of the outcomes of that stupid law.

  2. Contract us. Brazilian Pilots.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica