A rapada de um Ilyushin IL-76 que deixa toda a gente de cabelos em pé! (com vídeo)

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img


Um vídeo brutal onde podemos ver um ícone da aviação russa num voo tão rasante que quem estava no solo, soldados habituados a estas coisas, não conseguem deixar de se assustar, e se manifestar pela bela “rapada”!

Neste vídeo que recomendamos,  um Ilyushin IL-76 “Candid” da Força Aérea Ucraniana a efetuar um voo rasante sobre vários SU-25 alinhados numa base aérea  da Ucrânia.Estas manobras a baixa altitude são efetuadas em missões de Apoio Aéreo Aproximado (CAS – Close Air Support),  quando equipas terrestres estão sob ataque de forças inimigas.

O que não é normal é ver um avião da dimensão do IL-76MD a fazer este tipo de manobra, não sendo no entanto de estranhar, vindo da força aérea ucraniana, conhecida anteriormente por alguns episódios insólitos (voo rasante de um SU-25 a uma torre de controle).

De referir que o Ilyushin IL-76, é um avião cargueiro soviético, dos anos 60, chegou à Força Aérea Soviética para substituir os Antonov An-12 “cub”.

Construido e usado para transportar carga militar em condições operacionais extremas, é caracterizado pela cauda em forma de T e um trem de aterragem com múltiplos eixos e 20 pneus, permitindo operar em pistas não preparadas.

Apesar de antigo o “Candid” ainda está em plena atividade em forças aéreas como a Rússia e China e a Ucrânia.

Deliciem-se, segue o video

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

TACV regressa aos voos domésticos em Cabo Verde com ATR72-600 alugado à Air Senegal

A TACV – Transportes Aéreos de Cabo Verde, companhia...

São Tomé e Príncipe bate em 2023 recorde de entrada de turistas no País com portugueses a liderar

A República Democrática de São Tomé e Príncipe superou...

ANAC e APA já deram aval a obras de melhoria no Aeroporto Humberto Delgado/Lisboa

Francisco Pita, administrador executivo da ANA – Aeroportos de...

Sindicatos da Portway desconvocam greves após novo Acordo de Empresa

Os quatros sindicatos dos trabalhadores da empresa portuguesa de...