Bem-vindo, !|Sair

A300 transformado em recife artificial para mergulhadores


As autoridades turcas afundaram na semana passada a fuselagem de um avião Airbus A300 que pertenceu à Turkish Airlines no Mar Egeu, a cerca de 50 milhas a sul da cidade de Izmir, na província de Aydin.

Trata-se de uma solução encontrada para cativar a ida de mais mergulhadores desportivos para aquela zona que pretende transformar-se num ponto de grande atração para o mergulho. A ação foi promovida pelo município local, num investimento que atingiu cerca de 80 mil euros.

Esta é a quarta vez que as autoridades responsáveis pelo turismo com a cooperação dos municípios das cidades turísticas, nomeadamente na Península da Antalaya, afundam a fuselagem de um avião, promovendo desta forma a constituição de um novo recife artificial, no qual se fixam diversas espécies da flora e da fauna submarina.

O avião foi construído pela Airbus há 36 anos e desde há muito tempo que tinha feito o ‘phase-out’ da companhia aérea nacional turca. Os custos da operação resultaram do trabalho de desmontagem dos equipamentos da aeronave desativada e de todos os componentes que pudessem ser prejudiciais ao ambiente marítimo. O avião foi afundado com as asas, mas sem portas para facilitar a circulação dos mergulhadores por dentro da cabina, totalmente vazia.

Os trabalhos de afundamento do avião foram seguidos por milhares de pessoas e teve larga cobertura através dos meios de informação da Turquia.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica