A380 detêm 10% do movimento de passageiros em Londres/Heathrow

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

Os aviões Airbus A380 foram responsáveis pelo transporte de cerca de 10 por cento dos passageiros que embarcaram e desembarcaram no Aeroporto de Londres/Heathrow em 2016, anunciou nesta quarta-feira, dia 25 de janeiro, a construtora aeronáutica europeia.

O aeroporto principal do Reino Unido acolheu 75,6 milhões de viajantes no ano passado (mais um por cento que em 2015). Desta forma mais de sete milhões de passageiros utilizaram aviões A380, o conhecido Super-Jumbo da Airbus, um aumento de 8% em relação a 2015.

A Airbus destaca no seu comunicado a eficiência dos A380 numa ocasião em que é necessário responder ao crescimento do tráfego de passageiros em aeroportos que já estão com todos os slots tomados e em que é difícil escalar mais movimentos. Só com a maior capacidade das aeronaves e oferecendo o mesmo conforto aos passageiros é que se adequará a oferta à procura.

A construtora europeia diz que o A380 está “omnipresente” em Londres/Heathrow, aeroporto que é visitado por, pelo menos oito companhias que têm o maior avião comercial do mundo nas suas frotas. Além da British Airways, companhia residente que baseia na capital britânica os seus 12 aviões A380, outros aparelhos semelhantes das empresas Emirates, Etihad Airways, Malaysia Airlines, Qantas, Qatar Airlines, Singapore Airlines e Thai Airways, são presenças assíduas em Heathrow. À partida da capital britânica estes aviões servem 14 destinos em diversos continentes.

Para John Leahy, diretor comercial da Airbus “o A380 é o melhor avião para responder aos picos da procura”, dado que “90 por cento dos passageiros dos voos de longo-curso viajam através de 55 hubs em todo o mundo”. O A380 tem a vantagem de solucionar o congestionamento dos aeroportos e estimular as operações, numa ocasião em que há estudos que apontam para a duplicação do tráfego aéreo nos próximos 15 anos.

A Airbus já entregou 207 aviões A380 até final de dezembro de 2016. O avião entrou ao serviço há pouco mais de 10 anos, e até agora a construtora europeia recebeu 319 encomendas firmes.

Por seu lado o Aeroporto de Londres/Heathrow informou que cerca de 40 por cento dos passageiros de longo curso que passaram na estrutura aeroportuária no ano passado viajaram em aviões de nova geração, em que se incluem os A380, os A350 XWB e os Boeing 787 Dreamliner. Uma subida muito grande em relação a 2015 quando essa percentagem era de 25 por cento.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Ryanair anuncia rota sazonal entre Cracóvia (Polónia) e o Algarve, a partir do dia 1 de abril

A Ryanair anunciou o reforço das suas operações nos...

TAP apresenta novo stand na BTL, reforça rede de longo curso e renova parcerias

 A TAP Air Portugal estreou este ano um novo...

TAP reforça operação para Brasil e América do Norte – Total de 193 voos semanais

A TAP Air Portugal anunciou nesta quinta-feira, dia 29...

Lucro líquido do grupo Air France-KLM atinge 934 milhões de euros em 2023

O grupo Air France-KLM anunciou nesta quinta-feira, dia 29...