Bem-vindo, !|Sair

Acordo com ENANA afasta greve dos controladores aéreos em Angola

 width=“750” height=


 

“A paz social voltou ao Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, depois de uma ameaça de greve geral e nacional dos controladores de tráfego aéreo”, anunciou nesta terça-feira, dia 11 de abril, em Luanda, o presidente do Conselho de Administração da Empresa Nacional de Exploração de Aeroportos e Navegação Aérea (ENANA), Manuel Ceita.

Em declarações à agência noticiosa nacional Angop, Manuel Ceita esclareceu que foram criadas comissões que tiveram, desde Janeiro último, “árduas e ininterruptas” negociações com o Sindicato dos Trabalhadores de Tráfego Aéreo (SINCTA) até este ter decretado a greve.

“Felizmente, ontem à noite, chegou-se a um acordo que prevê um reajuste escalonado dos salários, que é de implementação imediata, mas que deverá ser feito em função do desenvolvimento sócio-económico da empresa nos próximos dois anos”, frisou.

Em comunicado, o SINCTA havia decretado uma greve geral e nacional dos controladores de tráfego aéreo de Angola com início previsto para esta terça-feira, 11 de Abril, pelas 07h00 locais.

De acordo com o sindicato, tal declaração deve-se ao facto de não ter havido consenso entre a ENANA e o SINCTA, relativamente ao caderno reivindicativo apresentado em Dezembro de 2016.

O caderno reivindicativo de dois pontos,  nomeadamente a atualização salarial e a melhoria das condições de trabalho, foi atendido, segundo fonte do SINCTA, e “como se chegou a um acordo, decidimos levantar a greve”.

A ENANA (Empresa Nacional de Exploração de Aeroportos e Navegação Aérea) é uma empresa pública, responsável pela gestão dos aeroportos em Angola e por controlar o tráfego aéreo civil no país. A empresa foi criada em 1980, para separar as operações do dia-a-dia da Direção Nacional da Aviação Civil do Ministério dos Transportes.

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica