Bem-vindo, !|Sair

Aeroporto de Bruxelas só deverá reabrir no dia 30 de março

O Aeroporto Internacional de Bruxelas/Zaventem estará encerrado até à próxima segunda-feira, dia 29 de março, anunciou neste sábado a empresa gestora da estrutura aeroportuária, a ‘Brussels Airport Company’. Na melhor das hipóteses poderá abrir parcialmente na terça-feira, dia 30, sendo dada prioridade aos voos das companhias nacionais e aos intercontinentais.

Os voos das companhias europeias e das de baixo custo continuarão por mais alguns dias nos aeroportos de Liège, de Charleroi e de Antuérpia, admitem fontes belgas ligadas ao setor.

“Após quatro dias dos ataques que ocorreram no aeroporto de Bruxelas, os trabalhos de investigação relacionados com a investigação criminal no terminal do aeroporto está concluída”, entretanto, “a retoma das atividades relacionadas com os passageiros não deverá ocorrer antes de terça-feira”, acrescentou a nota distribuída pela empresa. Os responsáveis pelo aeroporto haviam indicado anteriormente que iria permanecer fechado até domingo.

 

Aeroporto de Liège aumentou tráfego em 2.500 por cento

O aeroporto de Liége, na Bélgica, a cerca de 100 quilómetros e a duas horas por estrada de Bruxelas, viu o movimento aéreo e de pessoas aumentar mais de 2.500%, uma vez que passou a receber muitos dos voos agendados para o aeroporto de Bruxelas, que, na terça-feira, foi alvo de atentados terroristas.

Em declarações à imprensa belga, Chirstian Delcour, do aeroporto localizado a cerca de 100 quilómetros da capital belga, notou como a “situação é excecional”, uma vez que, na sexta-feira da semana anterior, a infraestrutura tinha acolhido quatro voos.

“Hoje (sexta-feira, dia 25 de março) tivemos mais de 100”, garantiu o responsável, enumerando o aluguer de autocarros, o reforço das equipas de funcionários como algumas das alterações necessárias, assim como saudou a “paciência” dos passageiros.

Segundo a página da internet da companhia Brussels Airlines, que mudou as suas operações para Liège e Antuérpia, realizaram-se neste dia dois voos para Lisboa, estando também uma dupla ligação prevista para este sábado, dia 26 de março.

Com o reforço excecional da segurança e a maior demora nos procedimentos de check-in, os passageiros têm sido aconselhados a chegar quatro horas antes da partida, em vez das duas habituais.

 

Identificadas 24 das 31 vítimas mortais dos atentados

Os serviços de medicina legal belgas identificaram até ao momento 24 das 31 vítimas mortais dos atentados de terça-feira em Bruxelas, enquanto 101 pessoas feridas permanecem hospitalizadas, informaram hoje as autoridades belgas.

As três explosões registadas na terça-feira, dia 22 de março, em Bruxelas – duas no aeroporto internacional de Zaventem e uma na estação de metro de Maelbeek, junto às instituições europeias, no centro da capital belga – fizeram pelo menos 31 mortos e cerca de 340 feridos, segundo o último balanço provisório.

Já foram formalmente identificadas 24 vítimas mortais, segundo indicou a porta-voz do Ministério Público de Bruxelas, Ine Van Wymersch. Ao nível dos feridos, 101 pessoas continuam internadas em hospitais na Bélgica ou em França, das quais 62 estão em serviços de cuidados intensivos, referiu um porta-voz do Ministério da Saúde belga.

Entre as 101 vítimas hospitalizadas, 32 sofreram queimaduras graves e estão internadas em unidades especializadas, indicou a mesma fonte.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica