Aeroporto do Dubai reabriu – Emirates anuncia morte de bombeiro

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

O Aeroporto Internacional do Dubai reabriu ao tráfego ao fim da tarde desta quarta-feira, dia 3 de agosto, depois do incêndio que destruiu sobre uma das suas pistas um avião Boeing 777-300 da Emirates, que trazia a bordo 282 passageiros e 18 tripulantes que saíram ilesos do acidente (LINK notícia relacionada).

A primeira descolagem verificou-se pelas 18h40 locais (14h40 UTC) quando um Boeing 777-300F da companhia de carga aérea Federal Express (FedEx) levantou voo em direção ao Aeroporto de Milão/Malpensa, no norte de Itália. Três minutos mais tarde aconteceu o primeiro pouso de um avião da Emirates, um B777-300ER, registo A6-ECX, proveniente de Chicago, nos Estados Unidos da América (voo EK236).

A companhia área do Dubai tem feito ao longo do dia um excelente trabalho de comunicação, através dos seus canais próprios e das agências de viagens, mas sobretudo através das redes sociais com constantes comunicados acerca da evolução da situação do acidente que envolveu um dos seus aviões. Até à hora em que foi retomado o movimento aéreo no aeroporto (18h40 locais) a Emirates já tinha distribuído seis comunicados, o último dos quais com a descrição de todos os voos anulados, alterados ou divergidos.

Este trabalho está a obter a maior simpatia junto de passageiros e clientes da empresa e até mesmo dos profissionais da imprensa internacional, que acompanham este momento de grande constrangimento para a companhia árabe, reconhecida como uma das melhores empresas de transporte aéreo do mundo.

 

Entretanto, o Grupo Emirates, que também gere o Aeroporto Internacional do Dubai, confirmou ao fim da tarde, a morte de um dos bombeiros que participaram no ataque ao incêndio que se registou no Boeing 777-300 da companhia aérea na tarde desta quarta-feira. Desconhece-se para já quais os ferimentos que provocaram a morte ao infeliz bombeiro.

A fuselagem calcinada do avião acidentado foi retirado do local do acidente e colocada junto de um hangar, onde deverá ser recolhida para análise pelos técnicos da comissão de inquérito. Toda a cobertura da aeronave ardeu, como é visível na foto que publicamos, e que circula em diversas contas do Twitter, sem referência ao autor.

 

  • Notícia em atualização – 16h20 UTC

1 COMENTÁRIO

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

TAP Air Portugal retomou rota direta entre a Venezuela e a ilha da Madeira

– Cerimónia oficial e decoração a preceito na zona...

TAP Air Portugal terá 95 voos semanais para o Brasil no mês de julho

Uma delegação da TAP Air Portugal, liderada pelo seu...

Teste de táxi aéreo elétrico pode definir novo tipo de transporte para peregrinos do Hajj, na Arábia Saudita

Num movimento histórico, a Arábia Saudita conduziu com sucesso...