Aeroportos de Lisboa e Porto apostam na inovação com nova solução biométrica para embarque dos passageiros

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A ANA – Aeroportos de Portugal, empresa subsidiária do Grupo VINCI Airports está a implementar uma nova solução tecnológica nos aeroportos portugueses. ‘Biometric Experience by VINCI Airports’ é um projeto de inovação, apoiado pela União Europeia, através do programa ‘NextGenerationEU’ que incide na aplicação de tecnologia na melhoria da qualidade de serviço e transformação digital nos aeroportos. O lançamento deste projeto ocorreu neste início de ano nos aeroportos de Lisboa e Porto e no segundo semestre de 2024 a solução tecnológica ficará disponível nos aeroportos de Faro (Algarve, sul de Portugal), da Madeira (Região Autónoma da Madeira) e de Ponta Delgada, este na ilha de São Miguel, na Região Autónoma dos Açores.

Os primeiros testes estão a ser iniciados com passageiros da TAP Air Portugal (LINK notícia relacionada) no percurso das partidas dos aeroportos de Lisboa e do Porto, em voos previamente selecionados pela companhia, no Espaço Schengen – Europa. Numa segunda fase, juntar-se-ão outras companhias aéreas e mais destinos, incluindo voos extraeuropeus.

Os passageiros que sejam incluídos nos voos de teste e que sejam elegíveis (apenas passageiros maiores de idade podem utilizar esta solução com recolha de dados biométricos) podem participar através do registo prévio no seu dispositivo móvel através da aplicação ‘Biometric Experience’, disponível em IOS e Android.  Em alternativa, podem efetuar o seu registo no aeroporto, num equipamento disponível para o efeito, com ou sem assistência, quiosque localizado à entrada do check-in, área pública das partidas de Lisboa e no Porto, ou junto às portas de embarque, para passageiros que se encontrem a efetuar transferência entre voos.

O registo e a utilização são simples: na app ou no quiosque, basta fotografar/digitalizar o cartão de embarque, o passaporte eletrónico ou cartão de cidadão de nacionalidade portuguesa e tirar uma ‘selfie’, aceitando os termos e condições. Posteriormente, terá uma experiência de embarque mais tranquila e célere, através da leitura dos dados biométricos da face, sem ter de apresentar novamente o seu cartão de embarque.

O processo simplifica a viagem do passageiro que ganha tempo livre, numa viagem ‘paperless & contactless’, com total garantia de confidencialidade, já que os dados são apagados após a partida do voo.

Esta tecnologia está na vanguarda dos mais inovadores procedimentos de embarque nos aeroportos mundiais e integra um forte investimento da VINCI Airports na sua rede, com projeto neste âmbito já a decorrer desde 2022 no Aeroporto de Lyon, em França. Esta é uma aposta na inovação para aumento da qualidade do serviço e a experiência dos passageiros nos aeroportos portugueses. A tecnologia do futuro, no presente.

Thierry Ligonnière, CEO da ANA-Aeroportos de Portugal, destaca a importância do lançamento deste projeto “que marca a aposta mais avançada em inovação nos aeroportos com resultados concretos para a experiência do passageiro. A tecnologia com o reconhecimento facial vai permitir uma viagem mais rápida, mais simples, em que o passageiro ganha conforto e tempo, com total segurança na confidencialidade dos seus dados e do processo. Estamos muito entusiasmados com este arranque e com a ampliação da biometria a mais companhias aéreas e aeroportos, tornando o processo de embarque ainda mais eficaz.

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Portway e SINTAC assinam acordo de empresa

A Portway Handling de Portugal assinou com o SINTAC...

Portugueses viajam mais e escolhem a Madeira e Cabo Verde para as férias da Páscoa

Os portugueses estão a comprar mais viagens neste início...

JetBlue desiste da compra da Spirit, um projeto que não tinha o acordo das autoridades reguladoras

A companhia aérea norte-americana JetBlue, que foi fundada pelo...

Pessoal de terra da Lufthansa convoca nova greve entre os dias 7 e 9 de março

O pessoal de terra do Grupo Lufthansa convocou mais...