Bem-vindo, !|Sair

Air France está a negociar nova linha direta de Paris para Maputo

TopBanner-H2Air-2

A Air France está a negociar com o Governo de Moçambique a abertura de um voo entre Paris e Maputo. Ainda não há qualquer decisão tomada. A informação foi avançada pela agência financeira Bloomberg, que cita Frank Legre, vice-presidente da Air France, com a responsabilidade do continente africano, numa entrevista obtida em Abidjan, Costa do Marfim, para onde a companhia francesa começou a voar esta semana com aviões Airbus A380 (Ver nossa notícia anterior).

Frank Legre disse que a companhia francesa pretende abrir nos próximos dois anos duas novas rotas, em países africanos que estão a registar índices de desenvolvimento muito acelerado: Port Gentil, por ser um importante centro petrolífero do Gabão, e Maputo, porque ser capital de Moçambique, um país que nos últimos anos tem registado excelentes índices de crescimento económico, e com perspectivas ainda melhores no futuro.

Ontem, em Maputo, o presidente do Instituto de Aviação Civil de Moçambique (IACM), comandante João Abreu, confirmou à agência portuguesa de notícias Lusa a existência de negociações com a entidade homóloga de França para o início de uma ligação aérea direta da Air France-KLM entre os dois países.

As negociações, esclareceu João Abreu, ex-comandante de linha aérea e ex-administrador da LAM, resultam de um memorando assinado este ano entre as duas instituições e prevê uma ligação direta entre a França e Moçambique, abrangendo ainda as ilhas francesas no Índico.

Ao abrigo desse memorando, estão já em operação três voos semanais entre Pemba, norte de Moçambique, e Dzaoudzi (na ilha de Maiote, no arquipélago das Comores), através da transportadora francesa Air Austral em ‘code-share’ com as Linhas Aéreas de Moçambique (LAM), e que poderá vir também a abrir novas rotas entre a ilha de Reunião e a cidade de Maputo e outros destinos moçambicanos.

A Air France já opera voos de Paris para Libreville, no Gabão, mas não para Moçambique, país cuja economia “está em crescimento rápido e que foi tornado atractivo pela descoberta de depósitos de gás natural”, de acordo com Frank Legre.

A mais recente companhia aérea estrangeira e de maior dimensão que opera no mercado moçambicano é a Qatar Airways, que introduziu voos de Doha para Maputo, realizados três vezes por semana com uma escala em Joanesburgo, na África do Sul.

A TAP Portugal é a única companhia europeia que escala o Aeroporto Internacional de Maputo, ligando a capital moçambicana a Lisboa quatro vezes por semana. Outra hipótese dos moçambicanos alcançarem países europeus é através da South African Airlines (SAA) através de Joanesburgo, para onde existem diversas ligações semanais de Maputo e de outros aeroportos moçambicanos, quer pela SAA, quer pela LAM.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica