Air Namibia recruta pilotos estrangeiros para Airbus A330 e EMB145

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A opinião dos Profissionais. #1 Newsletter OUT2018


A Air Namibia anunciou neste fim-de-semana que está a recrutar mais pilotos estrangeiros para os seus quadros para fazer face à expansão de rotas recentemente lançadas pela empresa de transporte aéreo de bandeira do Sudoeste Africano.

O porta-voz da companhia aérea africana, Twaku Kayofa, disse ao jornal ‘The Namibian’ que tem sido muito difícil encontrar no país pilotos habilitados e certificados para trabalharem com os aviões que a empresa tem hoje na sua frota.

“Com a expansão da empresa devido ao crescimento e demanda de viagens aéreas, a Air Namibia vai treinar e também contratar mais pilotos estrangeiros até que os quadros estejam completos”, observou Twaku Kayofa, que adiantou que essa falta de pessoal técnico especializado também se estende aos técnicos de manutenção aérea e engenheiros mecânicos.

A Air Namibia tem recorrido a empresas de recrutamento e colocação de pilotos e, muito recentemente, contratou a empresa suíça Orionway, com sede em Genebra, para escolher pilotos estrangeiros com experiência.

Um anúncio colocado pela Orionway na Europa solicita pilotos para comandantes de Airbus A330 com 1.000 horas de voo no lugar e devidamente certificado pelas EASA e pela FAA. O contrato de trabalho é por dois anos, renovável, com base em Windhoek.

Terão direito a acomodação paga pela Air Namibia e seguro de saúde. O salário mensal é de 9.000 euros com uma gratificação mensal de 700 euros e night-stops pagos a 50 euros por noite.

Outro anúncio que procura comandantes para aviões Embraer 145 com 500 horas de voo em tal posição oferece um salário fixo de 5.000 euros e as regalias dadas a um comandante de Airbus A330.

Kayofa disse que os salários propostos para os pilotos estrangeiros estão de acordo com as necessidades e especificidades da frota que a companhia dispõe. Estão em níveis que não são comuns na maioria das companhias aéreas comerciais africanas. Mesmo os pilotos namibianos ganham acima das tabelas em vigor noutras empresas do continente.




Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Contrato com a Binter para as ligações interilhas na Madeira prorrogado até setembro

A companhia aérea espanhola Binter vai assegurar por mais...

EuroAtlantic anuncia mudanças na equipa de gestão e nova injeção de capital do acionista

A companhia aérea portuguesa ‘Euro Atlantic Airways – Transportes...

Pilotos da TACV – Cabo Verde Airlines marcam greve de cinco dias entre 25 e 29 de abril

O Sindicato Nacional dos Pilotos da Aviação Civil (SNPAC)...

Luís Rodrigues completa primeiro ano à frente da TAP marcado por lucro recorde

O presidente da TAP, Luís Rodrigues, completa neste domingo,...