AirAsia X reforça encomendas e lidera compras nos modelos A330-900neo e A321XLR

A AirAsia X, a unidade de longo curso do Grupo Air Asia, oficializou a encomenda de 12 aeronaves A330-900 e 30 A321XLR à Airbus. O contrato foi assinado nesta sexta-feira, dia 30 de agosto, em Kuala Lumpur, capital da Malásia, por Tan Sri Rafidah Aziz, presidente da AirAsia X Berhad e por Guillaume Faury, presidente executivo da construtora aeronáutica europeia, numa cerimónia em que esteve presente o primeiro-ministro da Malásia.

O novo contrato eleva para 78 o número de aviões A330neo encomendados pela Air Asia X, reafirmando a posição da transportadora como o maior cliente deste tipo de aeronaves.

O pedido do A321XLR, por seu lado, reforça ao mesmo tempo a posição do Grupo Air Asia como o maior cliente mundial da família A320, com um total de 622 aviões encomendados.

Este anúncio não se trata no todo de uma novidade. Antes pelo contrário, no que se refere aos A330-900neo. O grupo aéreo tinha assinado no Farnborough Air Show, em 2018, um memorando com a Airbus para aquisição de mais 34 aviões A330-900neo (já estavam encomendados diretamente à fábrica europeia 66 aparelhos e mais dois a uma empresa de leasing). Acontece agora, que depois do lançamento da nova versão do A321, o A321XLR, com mais autonomia de voo, a Air Asia X resolveu baixar a última encomenda dos A330-900neo para 12 aeronaves e adquirir 30 aviões A321XLR, um tipo de aeronave que ainda não está na frota e que estará mais adequada para as ligações para a Austrália, China e Japão, cujo tráfego nos últimos meses tem tido um crescimento muito grande. Os aviões maiores serão exclusivos para o longo curso e quando chegarem em 2023 irão reforçar a rede da companhia para cidades europeias e norte-americanas, para onde a Air Asia X espera começar a voar a partir do próximo ano, à partida da Tailândia e da Malásia.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica