Airbus apoia Cruz Vermelha e transporta assistência para Moçambique

A Fundação Airbus e a Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (IFRC) enviaram 26 toneladas de produtos de primeira necessidade para Moçambique, utilizando um avião Airbus A330neo de teste. O material de assistência humanitária, fornecido pela Cruz Vermelha Suíça e pela Agência Suíça para Desenvolvimento e Cooperação, consiste em água, equipamentos para higiene e desinfeção e abrigos. Os bens de primeira necessidade destinam-se aos sobreviventes do ciclone ‘Idai’ da zona moçambicana da Beira.

O avião partiu do Aeroporto de Genebra, na Suíça, na noite de 25 de março e aterrou no Aeroporto Internacional de Maputo no dia 26 de março. Os itens de assistência serão distribuídos através da Cruz Vermelha Moçambicana, apoiado pelas equipas de socorro da IFRC que já se encontram no terreno.

O ciclone atingiu a zona da Beira – a segunda maior cidade de Moçambique – na noite de 14 de março e deixou mais de meio milhão de desalojados. Os trabalhadores humanitários estão preocupados com os riscos para a saúde que acarretam as poças de água estagnada.

A ajuda humanitária enviada pelas organizações suíças e transportada pela Fundação Airbus, foi descarregada no Aeroporto Internacional de Maputo, capital da República de Moçambique, de onde será depois distribuída pela Cruz Vermelha Moçambicana.

“Estamos profundamente entristecidos com a devastação e perdas causadas pelo ciclone ‘Idai’ e estamos com o povo de Moçambique nesta altura tão difícil”, disse Guillaume Faury, presidente executivo da Airbus Aviação Comercial e membro do conselho de administração da Fundação Airbus. “Fornecer ajuda humanitária na entrega de assistência de emergência está no cerne da missão da Fundação Airbus e esperamos que a nossa contribuição ajude a prestar assistência mais rápida às famílias e comunidades afetadas.”

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica