Bem-vindo, !|Sair

Alerta máximo nos aeroportos de França – Atentado em Nice mata dezenas de pessoas

Foram reforçadas na noite desta quinta-feira, dia 14 de julho, as medidas de segurança nos principais aeroportos franceses, devido a um atentado terrorista na cidade de Nice, na Côte d’Azur, sul de França, que ocorreu pleas 23h00 locais e que terá provocado mais de 80 mortos entre civis e polícias. Estão hospitalizados mais cerca de uma centena de feridos e entre as vítimas contam-se muitos idosos e crianças, relata a imprensa francesa.

Não obstante a França continuar em estado de emergência, ainda no rescaldo dos atentados que ocorreram em Paris, em novembro passado, foram decretadas de imediato medidas no sentido do reforço do alerta de segurança. O Governo Francês reuniu pela madrugada dentro com os ministros que constituem o Gabinete de Emergência e com o Presidente da República, François Hollande, que interrompeu uma viagem a Avignon para acompanhar a situação. A primeira decisão terá sido o reforço de agentes das forças de segurança e das Forças Armadas em centrais de distribuição de transportes, em diversas cidades do País, nomeadamente nos aeroportos. Falando à nação, Hollande disse que iria ser solicitada à Assembleia Nacional a prorrogação do estado de emergência em França por mais três meses, apartir do próximo dia 26 de julho.

O atentado foi consumado por um motorista alucinado, contam as testemunhas, que estava acompanhado por outros dois homens na cabina de um camião de caixa fechada que percorreu a grande velocidade cerca de dois quilómetros de uma avenida (Promenade des Anglais) na zona marítima de Nice, onde milhares de pessoas tinham acabado de assistir a um espetáculo de fogos de artifício sobre o mar, com que a Prefeitura dos Alpes Maritimes encerrou as celebrações da Tomada da Bastilha. A polícia francesa já anunciou que o motorista que causou a tragédia foi morto em tiroteio com as forças de segurança após o atentado e que é de origem tunisina.

O Aeroporto de Nice/Côte d’Azur está fortemente policiado. Na noite do atentado, o último avião a aterrar foi, como habitualmente, o que faz o voo da TAP (TP486) que chegou pelas 00h21 locais já na madrugada de sexta-feira, dia 15 de julho, cerca de uma hora depois da carnificina na ‘Promenade des Anglais’. Os passageiros do avião Embraer E190, matrícula CS-TPQ, da TAP Express, operado pela PGA – Portugália Airlines, desembarcaram rodeados de fortes medidas de segurança. O aeroporto reabriu às 06h00 desta sexta-feira.

O trânsito esteve bloqueado durante toda a madrugada nas avenidas principais da cidade de Nice e as últimas notícias das cadeias televisivas internacionais referem a existência de 84 mortos e 100 feridos, entre os quais 18 em estado grave. Num primeiro momento um canal televisivo chegou a referir-se a uma hipotética tomada de reféns num hotel da cidade, o que, felizmente, não foi confirmado. Nice, como toda a Cotê d’Azur, é uma estância de praia muito procurada por turistas de todo o mundo, de classe superior, nesta época de Verão.

 

  • Notícia atualizada – 11h45 UTC de sexta-feira, dia 15 de julho.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica