Angola interessada em adquirir aviões C-295M para controlo das fronteiras

Data:

https://arabaviationsummit.net/spot_img

A República de Angola está a negociar com a Espanha a aquisição de meios de defesa, aéreos e navais, revelou o ministro da Defesa Nacional, João Lourenço, em entrevista à agência noticiosa espanhola EFE.

Numa entrevista concedida em Madrid, para onde viajou logo após as eleições gerais angolanas de 23 de agosto, o governante angolano que, pelo que se conhece está praticamente eleito Presidente da República de Angola, disse que os investidores espanhóis “estão convidados” a apostar em negócios neste país africano de língua portuguesa, como na indústria, pesca e turismo, além da defesa, setor em que já decorrem “contactos”.

“Estamos no processo de aquisição de aviões de vigilância marítima ao fabricante espanhol CASA. Estamos interessados em proteger a fronteira norte com a República Democrática do Congo e sabemos que a Espanha tem boas soluções e equipamentos para a proteção de ambas as fronteiras, marítimas e terrestres”, disse João Lourenço, na entrevista à EFE.

A CASA, empresa espanhola que desde 1999 está integrada no Grupo Airbus, é fabricante dos aviões C-295M, aparelhos de transporte militar, reconhecimento e de patrulha marítima, também utilizado em operações de busca, salvamento e resgaste, com provas dadas nas frotas militares de vários países, nomeadamente em Portugal, cuja Força Aérea integra 12 unidades, sete dedicadas ao transporte aéreo tático, com capacidade máxima para 70 passageiros, e cinco para vigilância marítima. Vieram em 2007 substituir os aviões CASA C-212 Aviocar.

Tendo em conta as declarações de João Lourenço e as especificidades apontadas pelo governante angolano para a actuação dos novos aviões militares no País, o C-295M poderá ser uma das opções mais consistentes para a Força Aérea Nacional de Angola (FAN).

Desde há muitos anos que a FAN mantém acordos de cooperação e intercâmbio muito fortes com a Força Aérea Portuguesa (FAP), instituição onde, eventualmente, encontrará boas condições para formação e treino especializado dos militares angolanos destacados para os novos aparelhos.

Segundo o site da FAP “o C-295M foi desenhado e construído com a finalidade de transporte militar de médio e curto alcance, com a parte traseira da fuselagem equipada com uma rampa/porta hidráulica que proporciona uma diversa variedade de missões, tal como o transporte de tropas e carga, evacuações médicas, vigilância e lançamento de cargas. O C-295M está certificado para operações em quaisquer condições meteorológicas, em condições de regras de voo visual (VFR) e em regras de voo por instrumentos (IFR)”.

 
Faça parte da nossa comunidade - Descarrega já a app NewsAvia

Compartilhar publicação:

REGISTE-SE

spot_img

Popular

spot_img

Mais como isso
Relacionado

Angola assina acordo de parceria com Singapura para rentabilizar 16 aeroportos nacionais

A Sociedade Gestora de Aeroportos (SGA) de Angola e...

Qatar Airways retoma ligações para Lisboa com quatro voos semanais a partir de 6 de junho

A Qatar Airways anunciou nesta quarta-feira, dia 21 de...

Programação de Verão da KLM terá um total de 155 destinos

A KLM, companhia de bandeira do Reino dos Países...

Kenya Airways retoma em junho os voos de Nairobi para Maputo

A Kenya Airways, companhia de bandeira do Quénia, país...