APPLA alerta para ‘mitigação dos riscos’ no novo aeroporto do Montijo


 

O comandante Miguel Silveira, presidente da Associação Portuguesa de Pilotos de Linha Aérea (APPLA), manifestou preocupação com a solução do Montijo [por via da adaptação da Base da Força Aérea Portuguesa instalada no local] apontada pelo Governo Português para funcionar como aeroporto complementar ao Aeroporto Internacional Humberto Delgado, em Lisboa.

“A infraestrutura do Montijo não está apta, neste momento, a receber aeronaves de transporte aéreo comercial”, nomeadamente devido à pista, que “é muito curta”, e por “questões de segurança, devido à avifauna que está muito presente na Reserva Natural do Tejo”.

Para o representante dos pilotos portugueses, que disse que a associação “não é a favor, nem contra o Montijo”, faltam também “vários estudos” para sustentar a opção por esta solução, como é o caso de “um estudo de mitigação dos riscos”.

Miguel Silveira falava na quarta-feira, 24 de maio, no primeiro debate do programa do evento ‘Portugal Air Summit’, que decorre no Aeródromo de Ponte de Sor.

No mesmo painel, em que falara também o presidente do Conselho de Administração da ANA Aeroportos (LINK notícia relacionada), Mário Neto, da NAV Portugal, defendeu que o Montijo é “a opção certa” como aeroporto complementar de Lisboa, e Rogério Pinheiro, da Associação Portuguesa de Transporte e Trabalho Aéreo, argumentou que o importante é que a decisão para o novo aeroporto seja “rápida”, porque “é preciso abrir mais ‘slots’ e o setor não se pode manter estrangulado”.

 

  • Imagem obtida no painel  ‘A solução para Lisboa: Que desafios e oportunidades?’, vendo-se à esquerda junto da moderadora do debate, o comandante Miguel Silveira. Foto © NEWSAVIA/Ana Vanessa Gil.


“Como

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica