Avião da Euro Atlantic vai a Timor-Leste para repatriar cidadãos portugueses

A companhia portuguesa Euro Atlantic Airways (EAA), especializada em voos ACMI e wet lease, foi contratada pelo Estado Português, através do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE), para realizar a operação de repatriamento de um grupo de professores portugueses que se encontra na República Democrática de Timor-Leste, país de língua oficial portuguesa, situado no Sudeste Asiático.

A operação, realizada por uma aeronave Boeing 767-300ER, matrícula CS-TKR, está em curso desde a tarde desta quinta-feira, dia 2 de abril, tendo o avião descolado do Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, pelas 16h30 locais (15h30 UTC). Fará uma escala para reabastecimento e descanso da tripulação no Aeroporto Internacional de U-Tapao-Rayong-Pattaya, na Tailândia. A aterragem no aeroporto tailandês, que serve as cidades de Rayong e de Pattaya, está prevista para as 10h00 locais (04h00 UTC) desta sexta-feira, dia 3.

O B767-300ER da EAA voltará a descolar pelas 22h50 locais (16h50 UTC) com destino ao Aeroporto Internacional Nicolau Lobato de Dili, capital de Timor-Leste, onde tem chegada prevista para as 06h00 locais de sábado, dia 4, (22h00 UTC de sexta-feira, dia 3), sob o comando do piloto-chefe da companhia comandante Mário Alvim.

Um número significativo de cidadãos portugueses que se encontram em missão de trabalho em Timor-Leste solicitou o seu repatriamento, por motivo da pandemia de Covid-19, receando um cenário complicado em Dili, no caso de eclosão da doença.

O voo YU362, entre Dili e Lisboa, partirá de Timor-Leste no sábado, dia 4 de março, pelas 07h20 (23h20 UTC de sexta-feira, dia 3) e terá duas escalas técnicas: uma novamente no Aeroporto de U-Tapao-Rayong-Pattaya, e outra no Aeroporto Internacional de Tbilisi (República da Geórgia). A chegada a Lisboa está prevista para as 21h30 locais de sábado, dia 4 de abril (20h30 UTC).

 

A Euro Atlantic Airways refere em comunicado, distribuído na madrugada desta sexta-feira, dia 3 de abril, que “está totalmente confiante no êxito desta nova missão ao serviço de Portugal”. Diz que tem larga experiência nos céus de Timor-Leste. Recorde-se que a companhia transportou em 2008, a bordo de um Lockheed L1011 TriStar, num voo também de emergência, para o Aeroporto de Baucau (a 120 quilómetros de Dili), uma força militar da Guarda Nacional Republicana (GNR), deslocada para apaziguar o conflito político-militar que se agravara no território. Uma outra operação semelhante aconteceu em 2012.

A Euro Atlantic esteve ainda envolvida nos trabalhos da constituição da TLA – Timor Leste Airlines, projeto abandonado por falta de entendimento entre os acionistas.

 

  • Boeing 767-300ER da Euro Atlantic, CS-TKR, fotografado no Aeroporto de Santiago do Chile. Foto © KennethBrown
  • Mais notícias sobre a pandemia do Novo Coronavírus/Covid-19 – LINK

 

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica