Avião da Norwegian retorna a Estocolmo devido a ameaça de bomba a bordo

Um avião Boeing 737-800, matrícula LN-NIH, que fazia o voo DY4321 entre Estocolmo/Arlanda, na Suécia, e Nice, no sul da França, retornou na manhã desta quinta-feira, dia 7 de fevereiro, ao aeroporto de partida, devido a uma ameaça de bomba a bordo, disse a polícia sueca.

A aeronave tinha descolado pelas 10h00 locais, com 169 pessoas a bordo. Poucos minutos após a descolagem o aeroporto recebeu um telefonema, que a polícia já conseguiu identificar que terá tido origem na cidade de Oslo, na Noruega, que anunciava a colocação de uma bomba a bordo.

A polícia confirmou que o avião aterrou sem problemas e que ficou estacionado, por precaução, no final da pista, onde agentes das forças especiais da polícia procederam a uma revista, sem terem encontrado nada de anormal. Após a revista o avião foi colocado numa posição de parqueamento.

A companhia emitiu um comunicado em que confirma o incidente e diz que, por tratar-se de um problema de segurança pública, todas as questões deverão ser dirigidas para as entidades policiais. Adianta que todos os 163 passageiros e seis tripulantes estão bem.

A Norwegian é a quinta maior operadora de baixo custo do mundo, com mais de 37 milhões de viajantes em 2018. Hoje, a Norwegian opera mais de 500 rotas para mais de 150 destinos na Europa, Norte da África, Oriente Médio, Tailândia, Singapura, Caraíbas, Estados Unidos da América e América do Sul. A Norwegian tem uma frota de cerca de 150 aeronaves com idade média de 3,8 anos.

Leave A Comment

Download de Notícias

Destaques

Temas

Área Geográfica